Torres Vedras

Núcleo de Incubação Social, Artística e Empresarial

30.06.2020

PARU.03 – Núcleo de Incubação Social, Artística e Empresarial

Concurso a decorrer

Esta operação integra o Plano de Ação de Regeneração Urbana – PARU.


O Núcleo de Incubação Social, Artística e Empresarial consiste na criação de um equipamento municipal dotado de dois espaços distintos, mas complementares: residências artísticas (dedicadas a acolher artistas e criadores com projetos em curso no concelho) e uma incubadora para empresas criativas com projetos na área social (com espaços de trabalho individual e colaborativo).

O programa funcional respetivo distribuir-se-á por um conjunto de edificações próximas do antigo Matadouro Municipal, mais precisamente na rua das Escadas.

O projeto tira proveito das preexistências, maximizando a reabilitação das mesmas. A habitação de dois pisos existente será reconvertida em residências artísticas e os anexos existentes a reabilitar, mais concretamente cinco espaços devolutos, serão reconvertidos numa incubadora. A unir os edifícios existe um pátio que será requalificado e transformado em espaço público, o qual fomentará sinergias entre artistas e empreendedores e entre estes e a comunidade local.

Este espaço articular-se-á com um sistema de circulações pedonais que estabelece conexões entre espaços de estadia e equipamentos envolventes a edificar no âmbito da operação de requalificação urbanística da encosta de S. Vicente.

As residências artísticas serão constituídas por quartos, salas de convívio, sala de trabalho, cozinha, instalações sanitárias e zonas técnicas. Já a incubadora será composta por gabinetes, salas cowork e arrumos, sendo que os espaços comuns se situarão no piso térreo e os quartos no 1.º andar.

Este equipamento articular-se-á, como referido, tanto em termos físicos como ao nível do programa, com outros projetos do PEDU (Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano) como o Centro de Artes e Criatividade, o Pólo Social, o Somos Comunidade e a Reabilitação do Espaço Público envolvente aos bairros Reis, Floresta e Barreto, criando assim um ecossistema favorável ao surgimento de uma nova centralidade na Cidade.

De referir também que este é um dos projetos integrados no PARU (Plano de Ação de Regeneração Urbana). 

  

NÚMEROS

Área de intervenção: Cerca de 600 m2

Projeto: Área de Projeto da Câmara Municipal de Torres Vedras e GEE – Gabinete de Engenharia Eletrotécnica, Lda

Data de aprovação da candidatura: 27-11-2020

Data de início da operação: 10-08-2017

Data de conclusão prevista da operação: 31-03-2022

Custo total do investimento: 814.554,56 € (inclui as componentes de Estudos, Pareceres, Projetos e Consultoria, Terrenos e Edifícios)

Custo total elegível: 599.726,71 €

Apoio financeiro da União Europeia: 509.767,70 € pelo Programa Operacional Regional do Centro, Portugal2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional

 


Última atualização: 18.06.2021 - 13:00 horas
voltar ao topo ↑