Torres Vedras

Agenda

Matriz | Submissão de Candidaturas

Bolsa de Criação Cruzamentos Disciplinares em Artes Performativas

Todo o mês de fevereiro 2024

Concurso

Matriz — Bolsa de Criação Cruzamentos Disciplinares em Artes Performativas

O “Projeto Matriz — Bolsa de Criação Cruzamentos Disciplinares em Artes Performativas” procura estabelecer uma plataforma de apoio financeiro e de divulgação do trabalho artístico de criadores na área dos cruzamentos disciplinares em artes performativas, residentes no território nacional, com idade superior a 18 anos, mediante apresentação de propostas em nome individual ou coletivo.

O Município de Torres Vedras, através do Teatro-Cine de Torres Vedras promove, em 2024, a abertura de duas bolsas de criação no valor de € 8000.00 (oito mil euros) destinadas a projetos nas áreas da Dança, Cruzamentos disciplinares em artes performativas e Teatro.

Os projetos candidatos serão avaliadas no que se refere à sua pertinência, qualidade, relevância, originalidade, carácter inovador, percurso artístico do criador ou estrutura de criação, plano de gestão orçamental e impacto social da criação.

O prazo de submissão de candidaturas decorre entre os dias 1 e 29 de fevereiro através do email teatro.cine@cm-tvedras.pt, sendo a comunicação dos projetos vencedores realizada no dia 25 de abril. As apresentações públicas das criações vencedoras realizam-se em setembro, no Teatro-Cine de Torres Vedras.

Mais Informações:

Submissão de Candidaturas e Notificação de Resultados:
 
 - Apenas serão admitidas as candidaturas apresentadas em formulário próprio e devidamente preenchido, disponível na página eletrónica do Programa Matriz, que reúnam os requisitos exigidos.
 
- Apenas serão admitidas candidaturas redigidas em português, submetidas por via eletrónica (teatro.cine@cm-tvedras.pt) no prazo estipulado no Aviso de Abertura e que respondam a todos os requisitos do formulário de candidatura (Dossier de apresentação do projeto, plano de comunicação, orçamento detalhado, Curriculum Vitae dos intervenientes e carta de motivação). 
 
 - O período de receção de candidaturas decorre de 1 a 29 de fevereiro de 2024.
 
- Serão contemplados 2 projetos com um apoio financeiro no valor de €8.000 (oito mil euros) cada um. 
 
- Todos os candidatos serão notificados dos resultados por correio eletrónico no prazo de 60 dias úteis após o prazo de encerramento das candidaturas. 
 
- Os projetos contemplados com a bolsa de criação serão anunciados publicamente no dia 25 de Abril de 2024

- Os horários e locais das apresentações públicas serão definidos pelo Teatro-Cine de Torres Vedras, mediante acordo entre as partes e disponibilidade de calendário do equipamento municipal, em setembro de 2024.

 
Critérios de avaliação: 
 
a) Mais-valia técnica do projeto artístico (40 % de ponderação).
A apreciação deste critério será feita em função da pertinência (10%), qualidade (10%), relevância (10%), originalidade (5%) e carácter inovador do projeto (5%), manifestada no formulário e aprofundada no dossier de apresentação anexado à candidatura. 
 
A análise faz-se em função dos seguintes princípios: 
 
Pertinência - a candidatura expressa claramente o enquadramento do projeto no mundo contemporâneo, relacionando de forma estruturada o projeto com tensões identificadas na realidade mundial. 
 
Qualidade - a candidatura inspira confiança artística, pela forma como está apresentada, pelas referências que convoca e pelas ambições artísticas que expressa. 
 
Relevância - a candidatura destaca-se das restantes, expressa uma voz com características singulares, um lugar de fala pertinente, revela uma forte identidade artística. Originalidade - a candidatura debruça-se sobre temas ou problemáticas originais, que se revelam, apesar de pouco abordados, necessários. 
 
Carácter Inovador - a candidatura apresenta formas e soluções de produção e execução que contribuem para a inovação artística no sector das artes performativas. 
 
b) Percurso do criador ou da equipa artística (15 % de ponderação). 
 
A apreciação deste critério será feita com base na análise das notas biográficas de cada membro da equipa, que acompanham o formulário de candidatura. 
 
c) Plano de Gestão Orçamental, sustentabilidade financeira e presença de outros coprodutores (20 % de ponderação).
 
A apreciação deste critério será feita em função da análise do orçamento detalhado anexado à candidatura, refletindo o seu equilíbrio e justeza. 
 
d) Impacto Social (25 % de ponderação). 
 
A apreciação deste critério será feita em função da identificação em sede de candidatura do potencial de diálogo que o espetáculo poderá estabelecer com os diferentes territórios em que se apresenta, da concretização desse potencial e ações concretas (formações artísticas, ensaios abertos, envolvimento da comunidade no processo de criação artística, conversas com o público), ou da relação do tema do espetáculo com as realidades dos locais de apresentação.

Consulte o regulamento aqui

Faça o download do formulário de participação aqui


Atividade Gratuita


Última atualização: 02.02.2024 - 14:54 horas
voltar ao topo ↑