Torres Vedras

Acessibilidade Inclusiva na Praça 25 de Abril

26.08.2020

Imagem 3D em que se vê a Praça 25 de Abril após a intervenção.

A Praça 25 de Abril, em Torres Vedras, vai ser intervencionada ao nível das suas condições de acessibilidade física e circulação pedonal. O objetivo é promover a mobilidade suave como modo preferencial de deslocação em contexto urbano e assegurar uma efetiva equidade no acesso e fruição dos espaços e edifícios públicos.

A operação “Acessibilidade Inclusiva na Praça 25 de Abril” compreende um conjunto de ações de eliminação de barreiras arquitetónicas, alargamento de passeios, introdução de rampas, corrimãos e pavimentos confortáveis e relocalização de mobiliário urbano.

O espaço na frente do edifício da Igreja e Convento de Nossa Senhora da Graça será transformado numa zona de carácter pedonal, sendo apenas permitida a circulação de transportes públicos de circuito urbano e veículos de emergência. Com a eliminação da zona de estacionamento e dos contentores de resíduos, será criado um espaço livre de barreiras arquitetónicas, com pavimento estruturado para que, através de diferentes texturas, se torne facilmente apreensível para invisuais.

O acesso ao Museu Municipal Leonel Trindade, em funcionamento no Convento de Nossa Senhora da Graça, passará a realizar-se por uma plataforma de entrada com escadas e rampa, que permitirá o acesso a pessoas com mobilidade reduzida.

Em torno do Jardim da Graça serão suprimidas bolsas de estacionamento e redesenhados os eixos de circulação viária, criando uma cinta de circulação pedonal. Nos arruamentos a poente e norte do jardim, mantem-se o uso existente, com uma via de circulação de apoio ao hotel, estacionamento e parque de táxis. Na via a nascente da Praça 25 de Abril, a atual bolsa de estacionamento será anulada, sendo criadas zonas de estacionamento para pessoas com mobilidade condicionada, para idosos, grávidas e pessoas com crianças de colo, para bicicletas e para motociclos e uma zona de paragem de autocarros urbanos, turísticos e de aluguer de apoio ao Museu e à Igreja.

No interior do jardim as intervenções previstas serão pontuais, procurando resolver as questões de mobilidade. Sempre que possível, as escadas serão convertidas em rampas. Nas situações em que o declive existente obriga à manutenção de escadas, estas serão requalificadas, adaptando-se o seu passo às dimensões regulamentares e equipando-as com corrimãos. Nas situações de degraus isolados, será usada a extensão dos braços de acesso em calçada para nivelar o pavimento.

No âmbito da estratégia de mobilidade inclusiva, será realizada a demarcação das zonas de circulação e de atravessamento dos eixos viários com sinalética táctil própria para invisuais. Complementando esta estratégia, prevê-se ainda a instalação de um mapa táctil na Praça 25 de Abril. Este mapa conterá informação gráfica relativa à planta do centro histórico da Cidade, à planta do espaço da Praça da República e aos alçados do Convento de Nossa Senhora da Graça, informação essa que será complementada por legendas e informação adicional em texto corrente e em braille.

Para além do condicionamento de trânsito em frente ao edifício da Igreja e Convento de Nossa Senhora da Graça, a alteração do sentido de trânsito da Rua Brigadeiro Neves Costa, no tardoz daquele edifício, permitirá reduzir a intensidade de tráfego na via que se manterá na Praça 25 de Abril.

Sublinhe-se que o projeto, que decorre no âmbito do Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável (PAMUS) da OesteCIM, não contempla o abate de árvores.

Números

Código do projeto: CENTRO-09-1406-FEDER-000072

Data de aprovação: 01-10-2020

Data de início: 01-09-2020

Data de conclusão: 07-06-2021

Investimento total: 300.179,75 € (IVA incluído)

Custo total elegível: 235.294,12 €

Apoio financeiro da União Europeia: 200.000,00 €

Apoio financeiro público nacional: 35.294,12 €

Apoio financeiro: 85% pelo Programa Operacional Regional do Centro, Portugal2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional 

Projeto: Câmara Municipal de Torres Vedras

 

Legenda do mapa

1 - Piso contínuo em torno do jardim

2 - Praça de táxis

3 - Melhoria das condições de acessibilidade ao interior do jardim:

  • Substituição de degraus por rampa
  • Colocação de corrimãos
  • Correção de obstáculos

4 - Percurso pedonal alargado em torno do jardim, com inclusão de mobiliário urbano

5 - Acesso nivelado ao Museu Municipal Leonel Trindade e à Igreja de Nossa Senhora da Graça

6 - Circulação viária em frente ao Convento apenas para serviços públicos:

  • Bombeiros
  • Ambulâncias
  • TUT - Transportes Urbanos de Torres Vedras
  • Veículos de recolha de resíduos sólidos urbanos (RSU)

7 - Alargamento de passeios e sinalização para pessoas com deficiência visual

8 - Plataforma única sem obstáculos à mobilidade:

  • Zona de coexistência de peões e automóveis

9 - Estacionamento prioritário:

  • Mobilidade condicionada
  • Grávidas
  • Pessoas acompanhantes de crianças de colo
  • Seniores

10 - Zona de estacionamento de bicicletas

11 - Zona de estacionamento de motas

12 - Paragem de TUT - Transportes Urbanos de Torres Vedras


Última atualização: 07.10.2020 - 16:32 horas
voltar ao topo ↑