Torres Vedras

Plano de Pormenor da Barreira Alta

O plano de pormenor da Barreira Alta encontra-se em vigor desde 7 de agosto de 2014, mediante publicação em Diário da República, 2ª série, n.º 146 de 31 de julho de 2014.

Objetivos

O Plano de Pormenor da Barreira Alta (PPBA) estabelece os princípios e as regras a que devem obedecer a ocupação, o uso e transformação do solo na área de intervenção, nomeadamente quanto à conceção do espaço, condições gerais da edificação e arranjos de espaços exteriores.

Enquadramento

O PPBA localiza-se na União das Freguesias de A dos Cunhados e Maceira, a noroeste da Cidade de Torres Vedras, distando do centro da Cidade cerca de 8 Km.

O PPBA enquadra-se nos seguintes instrumentos de gestão territorial de âmbito nacional, regional ou local aplicáveis à respetiva área de intervenção: o Plano Regional de Ordenamento do Território do Oeste e Vale do Tejo, o Plano Regional de Ordenamento Florestal do Oeste, o Plano da Bacia Hidrográfica das Ribeiras do Oeste, o Plano Diretor Municipal de Torres Vedras.

O plano adopta a modalidade específica de "Plano de Intervenção no Espaço Rural", conforme previsto no artigo 91º-A do Decreto-Lei nº 380/99, de 22 de setembro, na redação conferida pelo Decreto- Lei nº 46/2009, de 20 de Fevereiro.

Estrutura do Plano

0. Documentos Instrutórios:

O documento integra a deliberação camarária que determina a elaboração do plano, os termos de referência do plano, o aviso sobre auscultação prévia da população, a consulta prévia de qualificação do plano para efeitos de avaliação ambiental (AA(E)), nos termos do nº 6, do artigo 74º, do RJIGT, na sua atual redação e a deliberação camarária de qualificação do plano para efeitos de AAE.

1. Elementos que constituem o plano:

2. Elementos que acompanham o plano:

2.1. Peças Escritas

2.2. Peças Desenhadas

3. Relatório da Conferência de Serviços e da Concertação com Entidades:

O documento visa apresentar os resultados da Conferência de Serviços do plano, efetuada nos termos do artigo 75º-C do RJIGT e os resultados da Concertação realizada com as Entidades que emitiram parecer desfavorável ou favorável condicionado à proposta de plano, nos termos do artigo 76º do RJIGT.

4. Relatório da Ponderação das Exposições da Discussão Pública:

O documento corresponde ao relatório de ponderação da Discussão Pública do plano, em conformidade com o disposto no artigo 77º do RJIGT, o qual procede à descrição, análise e ponderação dos resultados da participação pública.

Notícias / Orden. do território

Imagem da Notícia Programa da Orla Costeira de Alcobaça-Cabo Espichel abrange Torres Vedras

Programa da Orla Costeira de Alcobaça-Cabo Espichel abrange Torres Vedras

12.04.2019

O Programa da Orla Costeira de Alcobaça-Cabo Espichel (POC-ACE), aprovado em Conselho de Ministros a 14 de março, foi ontem publicado em Diário da República. A costa do concelho de Torres Vedras passa, assim, a ser abrangida por este programa, que compreende um total de 224 km de orla costeira. (...)

Imagem da Notícia Proposta de criação da ARU de Arenes foi aprovada em reunião de Câmara
Imagem da Notícia Relatório sobre o Estado do Ordenamento do Território foi aprovado

Relatório sobre o Estado do Ordenamento do Território foi aprovado

03.05.2018

O Relatório sobre o Estado do Ordenamento do Território de Torres Vedras (REOT) foi aprovado pelo Executivo Municipal de Torres Vedras esta quarta-feira. O Relatório, de caráter preliminar, encontra-se agora sujeito a um período de discussão pública de 30 dias sendo, posteriormente, elaborada a sua (...)

voltar ao topo ↑