Torres Vedras

Presidente

Carlos Manuel Antunes Bernardes

Tem 52 anos, reside no Turcifal, concelho de Torres Vedras, e gosta de viajar.

É presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras desde 1 de dezembro de 2015.

É também Embaixador Quality Coast e membro do Comité Consultivo Político da CIVITAS Initiative.

Em setembro de 2016 foi nomeado Embaixador Green Destination para a Europa.

Ao longo do seu percurso, participou, em Portugal e no estrangeiro, em várias conferências, seminários, workshops e cursos relacionados com turismo, ambiente, sustentabilidade e mobilidade, entre outras áreas.

Formação Académica:

  • Doutorado em Turismo, no IGOT/ESHTE, Universidade de Lisboa, em 21 de dezembro de 2015;
  • Pós Graduado em Turismo (CFA), pelo IGOT, Universidade de Lisboa, no ano letivo 2011/2012;
  • Licenciado em Gestão de Empresas Turísticas e Hoteleiras, no Instituto Superior Politécnico do Oeste, em 2011.

Experiência Profissional:

  • Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, desde 1 de dezembro de 2015;
  • Presidente do Conselho de Administração dos SMAS de Torres Vedras desde 1 de dezembro de  2015;
  • Vice-Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, de 2005 a 2015;
  • Vereador da Câmara Municipal de Torres Vedras dos Pelouros de Ambiente e Serviços Urbanos, de 2003 a 2005;
  • Vereador do Pelouro do Turismo da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço, de 1997 a 2001;
  • Adjunto e Secretário do Gabinete de Apoio Pessoal ao Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, de 1994 a 1997;
  • Secretário da Junta de Freguesia do Turcifal, de 1989 a 1997;
  • Funcionário Público, desde 1988;
  • Guia Transferista na Empresa Intercentro, Grupo Eurolines, responsável pela linha de Málaga, de 1986 a 1993.

Investir na saúde é investir em Torres Vedras

01.01.2020

Torres Vedras sempre se distinguiu pela qualidade dos serviços de saúde prestados no território. A excelência dos profissionais ao serviço das nossas populações assegura a confiança dos torrienses no Serviço Nacional de Saúde (SNS), contemplado na Constituição da República Portuguesa. Enquanto órgão autárquico eleito, cumpre à Câmara Municipal defender e promover o direito à proteção na saúde junto das nossas populações.

Foi nesse sentido que, em dezembro, inaugurámos a Unidade de Saúde da Ventosa, que passou a ocupar todo o edifício onde anteriormente também se encontrava a Junta de Freguesia. A requalificação e ampliação daquele espaço é garantia de que as gentes daquela freguesia contam com melhores condições para a prestação de cuidados médicos e de enfermagem, mas também melhores condições de trabalho para quem ali zela pela sua saúde.

A inauguração do equipamento contou com a presença da ministra da Saúde, Marta Temido. Na ocasião, reafirmei que a falta de médicos de família no nosso Concelho tem de ser resolvida de forma definitiva. É, para nós, impensável que cerca de 9000 munícipes não tenham acesso a médico de família.

Já em janeiro, demos um importante passo para que a rede de equipamentos de saúde fique completa, com o Executivo Municipal a aprovar o protocolo de cooperação que visa a construção de novas unidades de saúde em Runa e no Ramalhal. Por outro lado, estamos no processo de desenvolvimento de um protocolo a estabelecer entre o Município e o Centro Hospitalar do Oeste E.P.E., de forma a melhorar o Hospital de Torres Vedras nas suas variadas dimensões. Será lançado o concurso público para remodelar as urgências e serão tomadas medidas que tornem o hospital mais atrativo para os profissionais de saúde.

Mas queremos ir mais longe e trazer um conjunto de serviços essenciais para este equipamento. Para nós, é fundamental que volte a existir uma unidade de internamento pediátrico em Torres Vedras, mas também que a farmácia seja reativada e que o processamento de medicamentos citotóxicos dos nossos utentes volte a ser feito aqui e não no Hospital de Santa Maria, como acontece de há três anos a esta parte.

Olhando para a saúde como um dos pilares que pautam a ação do Município, importa ainda destacar o projeto em desenvolvimento no antigo Hospital Dr. José Maria Antunes Júnior (Sanatório do Barro), que irá acolher um espaço dedicado à saúde. Contamos com a Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa para que este espaço, que se irá denominar como Torres Vedras Health Park for Multidisciplinary Care, seja uma referência a nível nacional no que toca à prestação de cuidados assistenciais, à formação de profissionais e à investigação.

Distinguimo-nos, a nível nacional, no que toca à oferta da prestação de cuidados de saúde, com todas as valências quer na rede pública, quer no domínio privado. Não temos dúvidas de que irá continuar a ser desta forma.

A todos os torrienses desejamos um excelente ano de 2020.


Carlos Manuel Antunes Bernardes, presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras

voltar ao topo ↑