Torres Vedras

Banco Local de Voluntariado

O Banco Local de Voluntariado (BLV) é um espaço de encontro entre as pessoas que expressam a sua disponibilidade e vontade para serem voluntárias e as entidades promotoras de voluntariado que se encontram interessadas em receber voluntários e coordenar o exercício da sua atividade.

No âmbito do 1º Plano de Desenvolvimento Social de Torres Vedras 2005/2008, o Banco Local de Voluntariado de Torres Vedras surgiu como uma das respostas sociais necessárias, tendo sido implementado a 19/01/06 pela Câmara Municipal de Torres Vedras.

Áreas de Interesse

Solidariedade social, ambiente, cultura, educação, desporto e proteção civil.

Procedimentos do Banco Local de Voluntariado de Torres Vedras

  • Levantamento das entidades interessadas em acolher voluntários
  • Inscrição
  • Seleção e recrutamento de voluntários
  • Formação inicial a voluntários
  • Encaminhamento dos voluntários para as entidades promotoras
  • Definição de um Programa de Voluntariado
  • Acompanhamento e avaliação dos voluntários, por parte das entidades enquadradora e entidades promotoras

Contactos

Telefone n.º: 261 320 772
E-mail: voluntariado@cm-tvedras.pt


Projetos

Histórias Para Fazer ÓÓ

Destinatários: Crianças e pais
Parceria: Centro Social Paroquial de Torres Vedras

Este projeto de contação de histórias emergiu da Fábrica das Histórias – Casa Jaime Umbelino e tem decorrido no Centro Social Paroquial de Torres Vedras, nomeadamente no Jardim de Infância de Santa Maria do Castelo e na creche Azul e Rosa, Bairro da Boavista Olheiros. Esta resposta aposta na continuação de um trabalho que se revelou de grande interesse, despertando pais e educadores para a importância do mundo das histórias.

Ler+Próximo

Destinatários: Utentes/ Centro de Dia
Parcerias: Associação de Socorros da Freguesia de Dois Portos; Associação de Socorros de Outeiro da Cabeça; Associação de Socorros da Freguesia do Turcifal; Casa do Povo da Freiria; Casa de Povo de Runa e Banco Local de Voluntariado de Torres Vedras

O projeto de voluntariado Ler+Próximo iniciou no dia 12 de Maio de 2010 e emergiu de uma parceria entre a Comissão Social Inter-Freguesias do Interior e o Banco Local de Voluntariado de Torres Vedras, que conta com a colaboração da Biblioteca Municipal.

O referido projeto circunscreve as freguesias de Dois Portos, Freiria, Outeiro da Cabeça, Runa, S. Domingos de Carmões e Turcifal, selecionadas de forma aleatória, cuja finalidade incidiu na criação de um grupo de voluntários que colaborasse nos Centros de Dia mais próximos da sua residência, tendo como temática comum a leitura.

O voluntariado de proximidade carateriza-se, essencialmente, pelo tipo de relações que se estabelecem entre voluntários, idosos e instituição, tendo por base referências territoriais ou temáticas comuns, que beneficiam do apoio e ajuda dos voluntários para a resolução de problemas concretos que se colocam no dia-a-dia.

Este projeto promove a aproximação, através da leitura, entre idosos, voluntários, Instituições e comunidade, aumentando a diversidade das atividades desenvolvidas, que se materializam através de uma visita semanal entre voluntários e idosos, um encontro mensal entre voluntários e conselheira e, anualmente, entre as instituições.

Atualmente participam nesta iniciativa cerca 130 idosos, maioritariamente do género feminino, cuja média de idades se situa nos 80 anos. O “Ler + Próximo” integrou mais de 7 voluntários e pretende abranger as restantes freguesias de intervenção da Comissão Social Inter-freguesias do Interior.

Ser Voluntário é Fixe

Destinatários: Alunos da Escola de Serviços e Comércio do Oeste (ESCO)
Parcerias: ESCO

O Banco Local de Voluntariado de Torres Vedras, em parceria com a ESCO – Escola de Serviços e Comércio do Oeste, encontra-se a desenvolver um projeto de voluntariado com o objetivo de aumentar a participação ativa dos alunos da ESCO nas atividades voluntárias.

O projeto “Ser voluntário é fixe” destina-se a 300 jovens do ensino secundário e decorrerá nos anos letivos 2009/2010 e 2010/2011, tendo subjacente uma componente teórica e outra prática.

O referido projeto materializa-se através de sessões temáticas (serviço de voluntariado europeu, empresarial, etc.), visitas institucionais, ações de voluntariado (Organização do Dia Internacional do Voluntário) e conceção de produtos, com vista a fomentar uma cultura de solidariedade e participação cívica.

Voluntariado de Proximidade - Freguesias da Cidade

Destinatários: Utentes/Serviço de Apoio Domiciliário
Parcerias: Banco Local de Voluntariado de Torres Vedras, Lar São José – Fundação Solidariedade Social e Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras

Ao nível do Concelho de Torres Vedras, e através de entidades que partilham âmbitos de intervenção territoriais comuns, procurou-se rentabilizar a prática de trabalho em parceria, com vista a encontrar respostas para problemas identificados nos documentos de planeamento local (Diagnóstico e Plano de Desenvolvimento Social 2010/2011).

Face às necessidades sentidas considerou-se que o projeto “Voluntariado de Proximidade -Freguesias da Cidade”, cujo início se deu em Março de 2010, seria uma resposta inovadora associada ao Banco Local de Voluntariado de Torres Vedras.

Esta resposta focaliza-se nas freguesias de S. Maria do Castelo e S. Miguel e S. Pedro e Santiago, com vista a prestar apoio social a pessoas e/ou famílias em contexto domiciliário. Este tipo de voluntariado efetiva-se entre 2 instituições Lar de São José e Sta. Casa da Misericórdia de T. Vedras), equipa técnica (BLV), 1 conselheiro e 6 voluntários a quem compete dinamizar e encontrar respostas aos pedidos de apoio sentidos pelos 7 beneficiários.

Faça Parte – Ensaios sobre diferentes domínios de voluntariado

Destinatários: Público geral; associações do concelho

O projeto Faça Parte visa abordar diferentes domínios de voluntariado no concelho de Torres Vedras, apresentando-se diversos programas e possibilidades existentes à data, a nível local, nacional e internacional, recorrendo-se a testemunhos na primeira pessoa. Pretende-se simultaneamente dar a conhecer diferentes espaços associativos, espelhando de alguma forma a temática da sessão que acolhem.

Módulo pedagógico de voluntariado

Destinatários: docentes

Este instrumento de trabalho pretende sensibilizar os jovens para a participação solidária em ações de voluntariado. Nele estão incluídos 4 sessões sobre esta temática, bem como um jogo de voluntariado. Pretende-se que seja um documento de apoio aos docentes.

Documento: Módulo pedagógico