Torres Vedras

Deficiência

Conteúdos desta página

  1. Balcão da Inclusão
  2. Deficiência Visual
  3. Escola Inclusiva
  4. Conversas Revelando a (D)Eficiência
  5. Acessibilidade em Espaços Culturais e Artísticos

Balcão da Inclusão

O Balcão da Inclusão tem como objetivos atender os cidadãos com deficiências ou incapacidade e respetivas famílias, prestar informação sobre os direitos, benefícios e recursos existentes, proceder ao seu correto encaminhamento e desenvolver uma função de mediação junto dos serviços públicos e entidades privadas, que poderão responder de forma mais eficaz às suas questões. 

Os cidadãos e suas famílias poderão marcar atendimento presencialmente, pelo telefone ou e-mail.


Contactos

Divisão de desenvolvimento Social
Área da Governança, Saúde e Intervenção Social
Câmara Municipal de Torres Vedras
Sandra Colaço
Telefone: 261 320 771
E-mailsandracolaco@cm-tvedras.pt


Deficiência Visual

O Município de Torres Vedras, através da implementação do seu Plano de Desenvolvimento em Saúde (PDS), desenvolve intervenções na área da deficiência, no que se refere à deficiência visual. Neste sentido, foi estabelecida uma parceria com o Prof. Fernando Martins, da Escola Secundária Henriques Nogueira, para conhecermos a população portadora de deficiência visual grave (>30%) no Concelho de Torres Vedras, quais os seus problemas e necessidades e assim definir uma atuação estratégica e planeada.

Foi elaborado o diagnóstico e o plano de ação com o qual se pretende conhecer, melhorar a qualidade de vida e o bem-estar das pessoas portadoras de deficiência visual no Concelho de Torres Vedras, aumentando a sua inclusão social e promovendo o empowerment desta população-alvo numa procura ativa de soluções para os seus problemas e necessidades.

No plano encontram-se explanadas um conjunto de ações concertadas dirigidas à população portadora de deficiência em geral e aos portadores de deficiência visual em particular, com o primórdio de contribuir para um aumento da qualidade de vida e do bem-estar de todos.


Contactos

Divisão de Desenvolvimento Social – Área de Atividade Física e Saúde
Câmara Municipal de Torres Vedras
Sandra Colaço
Telefone: 261 320 771
E-mailsandracolaco@cm-tvedras.pt

Professor Fernando Martins
E-mailprof_fernando@hotmail.com


Escola Inclusiva

“Escola Inclusiva” tem por objetivo efetuar um diagnóstico das situações de crianças portadoras de deficiência que ainda não integraram o sistema de ensino obrigatório. Tem por objetivo conhecer a realidade concelhia no que respeita a estas crianças, retratando as suas necessidades e permitindo a preparação para a sua inserção no sistema de ensino obrigatório.

Realizado anualmente, o diagnóstico da “Escola Inclusiva” caracteriza os domínios nos quais a criança apresenta limitações.

No que diz respeito aos recursos que se encontram atualmente ao dispor das crianças, e recursos necessários aquando da integração no estabelecimento de ensino obrigatório, ao nível do acompanhamento, são contemplados os sociais, educacionais e de saúde/terapêuticos; ao nível das Tecnologias de Apoio, os cuidados pessoais e de higiene, a mobilidade, as adaptações para mobiliário e espaço físico, a reeducação, a comunicação / informação / sinalização, e recreação. Foi ainda contemplada a questão das acessibilidades.


Contactos

Divisão de Desenvolvimento Social
Câmara Municipal de Torres Vedras
Silvia Silva
Telefone: 261 320 771
E-mailsilviasilva@cm-tvedras.pt


Conversas Revelando a (D)Eficiência

Destinatários: Entidades de Ensino do Concelho de Torres Vedras
Parcerias: Câmara Municipal de Torres Vedras e APECI

Este projeto está integrado no Plano de Desenvolvimento em Saúde (PDS) com o objetivo de promover as pessoas portadoras de deficiência, sensibilizar a população jovem e desmistificar os preconceitos associados a esta problemática.

Estas conversas têm a duração de duas horas e são constituídas pela apresentação de um pequeno filme, comentado por técnicos da Associação para a Educação de Crianças Inadaptadas de Torres Vedras (APECI), pela apresentação sobre a “autorrepresentação” e partilha de três experiências de vida de jovens portadores de deficiência, seguido de debate. As conversas decorrem no espaço escolar e as ações são desenvolvidas na Escola Secundária de Madeira Torres, Agupamento de Escolas de Freiria e Agrupamento de Escolas do Maxial.


Contactos

Divisão de Desenvolvimento Social – Área de Atividade Física e Saúde
Câmara Municipal de Torres Vedras
Sandra Colaço
Telefone: 261 320 771
E-mailsandracolaco@cm-tvedras.pt

APECI de Torres Vedras
Margarida Velasco
Telefone:  261 335 700


Acessibilidade em Espaços Culturais e Artísticos

A ANACED (Associação Nacional de Arte e Criatividade de e para Pessoas com Deficiência) criou um Directório sobre Acessibilidade em Espaços Culturais e Artísticos do Distrito de Lisboa.

Este documento, que visa uma maior participação de pessoas com necessidades especiais nas atividades culturais promovidas pelos diversos espaços culturais, contou com o Município de Torres Vedras como parceiro.


Notícias / Desenv. social

Imagem da Notícia Coordenação da resposta ao surto de COVID-19 no Lar de Nossa Senhora da Luz
Imagem da Notícia COVID-19: Atribuídos 150 vales para aquisição de bens essenciais no Concelho
Imagem da Notícia Torres Vedras destina 100 mil euros a organizações de economia social
Imagem da Notícia COVID-19: Serviços municipais retomam funcionamento

COVID-19: Serviços municipais retomam funcionamento

11.05.2020

O Torres Vedras LabCenter, o Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes (CLAIM) e o Canil Municipal retomam o atendimento ao público esta quinta-feira, 14 de maio. Também a Pista Municipal de Atletismo Carlos Lopes irá reabrir esta quinta-feira. (...)

Imagem da Notícia Delegação da Cruz Vermelha e farmácias homenageadas em Torres Vedras
Imagem da Notícia Câmara Municipal lança programa de apoio alimentar a munícipes carenciados

Câmara Municipal lança programa de apoio alimentar a munícipes carenciados

06.05.2020

A Câmara Municipal de Torres Vedras, no âmbito do Programa de Emergência Alimentar, tem disponíveis 800 vales para aquisição de bens de primeira necessidade no comércio local de proximidade para atribuir a munícipes em situação de vulnerabilidade socioeconómica. Trata-se de uma medida que integra o (...)

voltar ao topo ↑