Torres Vedras

Dimensões estratégicas

O Plano Estratégico de Cultura de Torres Vedras constrói-se a partir das dimensões temáticas propostas pela UNESCO para a Cultura na Agenda 2030. Cada núcleo temático é composto por um conjunto de indicadores mensuráveis tanto ao nível nacional, regional como local. Os indicadores considerados  têm por objetivo medir e acompanhar os progressos da contribuição da cultura para a implementação nacional e local dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030, avaliando-se tanto o papel da cultura como sector de atividade, como a sua contribuição transversal para os diferentes ODS e respetivos domínios políticos. Podendo ser implementados numa base voluntária por países e cidades, assentam num quadro conceptual sólido que permite a análise aprofundada das múltiplas formas como a cultura contribui para as dimensões económica, social e ambiental do desenvolvimento, construindo a evidência do papel transformador da cultura, tornando-a, assim, mais visível e tangível.

 

Dimensões estratégicas

  1. Ambiente e resiliência
  2. Prosperidade e estilos de vida
  3. Conhecimentos e competências
  4. Inclusão e participação

Dimensões Estratégicas

1. Ambiente e resiliência

Esta dimensão temática fornece um quadro para avaliar o papel e a contribuição da cultura para o conjunto do desenvolvimento do território, enfatizando a dimensão do património cultural e natural e do ambiente urbano tanto como alavanca para o desenvolvimento sustentável, como um fim em si mesmo. Os indicadores propostos pela UNESCO para 2030 avaliam o nível de empenhamento na salvaguarda do património cultural e natural e fornecem provas de uma gestão sustentável do património e da inclusão dos conhecimentos tradicionais num planeamento sensível do ponto de vista cultural. Esta dimensão também avalia os aspetos físicos/espaciais da qualidade do ambiente urbano, incluindo o espaço público e as infraestruturas culturais. Nesta dimensão iremos assim observar os seguintes itens:

  • a despesa em património natural e cultural, tanto material como imaterial  (indicador parcialmente disponível);
  • os planos de adaptação climática e resiliência do património cultural e natural, tangível e intangível;
  • a diversidade de rede de infraestruturas e equipamentos culturais no território;
  • o espaço público ao nível urbano, incluindo o tamanho, o número, de distribuição espacial e uso (indicador não disponível).

2. Prosperidade e qualidade de vida

Esta dimensão temática proporciona um quadro para avaliar o contributo da cultura para promoção e viabilização de economias mais inclusivas e sustentáveis, através da geração de rendimentos e emprego, bem como estimulando as receitas através de bens culturais, serviços e empresas. Está igualmente incluído nesta dimensão um indicador sobre a governança da cultura. Este indicador fornece provas das estruturas de governação existentes para apoiar um papel próspero da cultura no desenvolvimento económico local e nacional e na criação de meios de subsistência.

Nesta dimensão observaremos para efeito de diagnóstico:

  • a contribuição do setor cultural e criativo (SCC) para o crescimento económico, incluindo ao nível da produção, das taxas de empregabilidade e tendências no emprego cultural (indicadores parcialmente disponíveis);
  • as micro e pequenas empresas do SCC, identificando tendências e clusters (indicadores parcialmente disponíveis);
  • as despesas em cultura dos agregados domésticos para aferir a dimensão do mercado local de atividades culturais, bens e serviços e contribuir para o desenvolvimento de políticas culturais geradoras de inclusão social através das atividades culturais;
  • o comércio internacional de bens culturais e serviços para esclarecer o contexto legal e medidas que podem ser desenhadas para aumentar essas exportações;
  • estruturar um modelo de governança que permita a construção de indicadores relevantes para o desenvolvimento de políticas alicerçadas em evidências.

3. Conhecimento e competências

Esta dimensão temática fornece um quadro para avaliar o contributo da cultura para a construção de conhecimentos e competências, incluindo os conhecimentos locais e a diversidade cultural. Centra-se especificamente no contributo da cultura para a transmissão de valores culturais, conhecimentos e competências locais e na promoção do empoderamento através da formação educacional, de processos, políticas e materiais.  Sublinha o papel da diversidade cultural no ensino primário, secundário e superior, bem como na formação profissional, e centra-se no desenvolvimento aprofundado dos currículos para integrar os conhecimentos culturais. Os indicadores propostos avaliarão o nível de empenhamento das autoridades e instituições públicas na integração e aproveitamento dos conhecimentos culturais para promover o respeito e a valorização da diversidade cultural, a compreensão do desenvolvimento sustentável e a transmissão de valores culturais, bem como na atribuição de prioridade à formação cultural (incluindo a formação avançada em matéria de conservação do património) e na promoção de aptidões e competências nos domínios criativos.

Assim, serão observados para efeitos de diagnóstico:

  • os programas de formação e educação para o desenvolvimento sustentável avaliando em que medida incluem a diversidade cultural, o património e os valores culturais tanto ao nível da educação formal, como informal;
  • avaliar a educação artística e cultural nos sistemas formais e informais.

4. Inclusão e participação

Esta dimensão temática fornece um quadro para avaliar o contributo da cultura na construção da coesão social, bem como na promoção da inclusão e da participação. Centra-se na capacidade de acesso das pessoas à cultura, no direito de todas as pessoas a participarem na vida cultural e na sua liberdade de expressão cultural, incluindo a liberdade artística e criativa. Este programa explora igualmente as formas como as práticas culturais, os sítios, os elementos e as expressões culturais transmitem valores e competências conducentes à inclusão social. Nesta dimensão avalia-se, assim, a capacidade da cultura para estimular o envolvimento efetivo das comunidades locais na vida pública. Para tal serão observadas as seguintes ações:

  • identificar, avaliar e monitorizar o acesso e a capacidade de participação cultural de todo o tecido social tanto ao nível dos equipamentos culturais, como às práticas da produção, criação, distribuição e disseminação de conhecimentos, bens e serviços culturais;
  • monitorizar a participação e o acesso cultural;
  • identificar e avaliar as oportunidades para os cidadãos e profissionais do SCC participarem nos processos de decisão relacionados com o desenvolvimento de políticas, medidas e programas que lhe dizem respeito, tanto a nível nacional, como local;
  • processos participativos;

Embora alguns dos indicadores recomendados pela UNESCO ainda não estejam construídos considera-se muito pertinente aplicar esta metodologia no diagnóstico conducente ao desenvolvimento do plano estratégico, lançando já as bases para a construção de um modelo de governança em linha com a Agenda2030 para o desenvolvimento sustentável, seguindo assim as suas recomendações principais.


Notícias / Cultura

Imagem da Notícia Acordeões do Mundo voltou a animar o outono de Torres Vedras
Imagem da Notícia Enoteatro abre portas no Teatro-Cine de Torres Vedras

Enoteatro abre portas no Teatro-Cine de Torres Vedras

17.11.2020

Enoteatro é o novo espaço do Teatro-Cine de Torres Vedras dedicado aos vinhos do Concelho. O espaço promocional dos néctares de Torres Vedras é uma das novidades do Teatro-Cine, que reabriu no passado dia 10 de novembro após ter sido alvo de obras de beneficiação. (...)

Imagem da Notícia Teatro-Cine foi alvo de obras de beneficiação

Teatro-Cine foi alvo de obras de beneficiação

16.11.2020

O Teatro-Cine de Torres Vedras foi recentemente alvo de obras de beneficiação, tendo reaberto as suas portas no dia 10 de novembro para a realização da Sessão Solene de Celebração do Feriado Municipal. (...)

Imagem da Notícia Festas da Cidade de Torres Vedras celebraram o São Martinho em segurança
Imagem da Notícia Livro sobre

Livro sobre "A Casa de Torres Vedras” foi apresentado

10.11.2020

A sessão de lançamento do livro "A Casa de Torres Vedras: de Rui Gomes de Alvarenga aos Marqueses do Lavradio (séculos XV-XIX)", da autoria da torriense Maria Natália da Silva, realizou-se este sábado, dia 7 de novembro, no Edifício dos Paços do Concelho, no âmbito do programa das Festas da Cidade. (...)

Imagem da Notícia Vinho e Pastel de Feijão de Torres Vedras premiados no Dia Mundial do Enoturismo

Agenda / Cultura

Formação

Oficina Livre de Pintura

Porta 5 - Espaço Cultural

3 de dezembro de 2020 | quinta

Oficina de continuidade anual, dirigida a um público não especializado e sem formação nesta área artística. Nesta oficina, pretende-se fomentar uma descoberta de materiais e uma exploração de técnicas-mistas, na pintura. (...)

Leitura infantojuvenil

Vale dos moinhos

Página de Facebook Biblioteca Municipal de Torres Vedras

3 de dezembro de 2020 | quinta

A Biblioteca Municipal de Torres Vedras apresenta mais uma "Hora do Conto" no dia 3 de dezembro, às 10h30, na sua página de Facebook. A história de hoje é "Vale dos moinhos", da autoria de Noelia Blanco, ilustração de Valeria DoCampo e editora Paleta de letras. "No Vale dos Moinhos viviam (...)

Oficina infantojuvenil

Oficina da Lua Cheia

Porta 5 - Espaço Cultural

3 de dezembro de 2020 | quinta

A Oficina da Lua Cheia é um espaço de experimentação que pretende estimular a criatividade, recorrendo-se a diversos tipos de técnicas, a diferentes temas, a diferentes materiais, fazendo sempre que possível uma aproximação a autores relevantes da História de Arte. Esta oficina tem uma (...)

Debate/Seminário

Plano Estratégico em Cultura (PEC) - sessões participativas

Plataforma online Zoom

3 de dezembro de 2020 | quinta

Nesta sessão participativa será apresentado o relatório de diagnóstico nos tópicos "Prosperidade e estilos de vida", havendo depois uma discussão do mesmo e apresentação de propostas. (...)

Mais

Tão perto, tão longe

Página de Facebook Paços - Galeria Municipal de Torres Vedras

3 de dezembro de 2020 | quinta

A exposição “Areia Líquida”, de Ana Catarina Fragoso, está a terminar. Visite-a em segurança, na Paços-Galeria Municipal de Torres Vedras, até dia 6 de dezembro. Hoje a Paços - Galeria Municipal de Torres Vedras deixa-lhe o catálogo da exposição para visualização e também uma (...)

Oficina infantojuvenil

Uma estante com pés, cabeça e coração

Página de Facebook Fábrica das Histórias - Casa Jaime Umbelino

3 de dezembro de 2020 | quinta

No dia 3 de dezembro, às 14h00, decorrerá a atividade "Uma estante com pés, cabeça e coração", através do página de Facebook da Fábrica das Histórias - Casa Jaime Umbelino.  Baltazar vivia num circo e era o maior urso violinista do mundo, por isso lhe chamavam “O Grande”. Mas circo (...)

voltar ao topo ↑