Torres Vedras

Vítimas do Holocausto relembradas em Torres Vedras

30.01.2020

Imagem da intervenção de Fátima Reis

O Dia Internacional em Memória das Vitimas do Holocausto foi de novo assinalado em Torres Vedras, este ano com a projeção do filme Debaixo do Céu, o que aconteceu no dia 28 de janeiro, no Teatro-Cine.

Participaram nesta atividade, a qual foi organizada pela Câmara Municipal e pela Cátedra de Estudos Sefarditas Alberto Benveniste da Universidade de Lisboa, 131 alunos do 9.º ano de escolaridade das escolas básicas 2,3 Padre Francisco Soares e de S. Gonçalo, bem como 10 alunos da Universidade Sénior de Torres Vedras.

Em representação da Cátedra de Estudos Sefarditas Alberto Benveniste esteve presente Fátima Reis, que relembrou que embora Portugal não tivesse sofrido diretamente as agruras da II Guerra Mundial, viveu o drama dos refugiados causado por este conflito bélico, principalmente o dos judeus, sendo na sua opinião importante que se sensibilize as novas gerações para que um horror como o do Holocausto não volte a acontecer, até porque “ser indiferente é ser conivente”.

Já a vereadora da Área da Cultura da Câmara Municipal, que também esteve presente na atividade, salientou na sua intervenção a importância da aceitação “do outro”, já que a diversidade implica essa atitude. Também segundo Ana Umbelino, é pela educação que é possível “mudar comportamentos e atitudes”, construir uma cidadania autêntica, o que passa também pela sensibilização para a cultura e a arte, já que estas permitem “alargar horizontes”, criar uma “consciência crítica”. “Não podemos alterar a História, mas conhecer a História pode mudar-nos”, afirmou na ocasião Ana Umbelino.

De recordar que já em 2019 o Município assinalara o Dia Internacional em Memória das Vitimas do Holocausto, também com a exibição de um filme no Teatro-Cine, na altura O Cônsul de Bordéus, dedicado a Aristides de Sousa Mendes, que relembre-se, desobedecendo a ordens do governo de Salazar, permitiu a passagem de milhares de judeus para Portugal durante a II Guerra Mundial.

Este ano, com a exibição de Debaixo do Céu, voltou a abordar-se a mesma temática, sendo que este filme baseia-se nos olhares de oito crianças, que hoje têm perto dos oitenta anos, as quais relatam a viagem que centenas de milhares de judeus fizeram até Portugal para escapar à perseguição do regime nazi.

voltar ao topo ↑