Torres Vedras

Tradição marcou dia 15 de agosto em Santa Cruz

16.08.2019

Fotografia de uma mulher envergando um traje típico durante a atuação do seu rancho folclórico no Largo Jaime Batista da Costa, em Santa Cruz.

As ruas do centro de Santa Cruz voltaram a encher para um dia marcado pela tradição: a 22ª edição do Cortejo Etnográfico decorreu esta quinta-feira, dia 15 de agosto, recriando uma antiga tradição da população rural do concelho de Torres Vedras.

Nove ranchos folclóricos percorreram as várias artérias de Santa Cruz, envergando trajes típicos e fazendo-se acompanhar por carroças e carros de bois. O percurso fez-se em jeito de festa, ao som da música dos ranchos folclóricos e grupos etnográficos, que dançaram e recriaram cenários de outros tempos.

Ao longo do percurso não faltou o farnel, partilhado com a população que acorreu à localidade no dia em que, tradicionalmente, se rumava àquela estância balnear para ir à praia.

Nesta edição, os grupos tiveram oportunidade de se apresentarem antes do início das atuações, subindo ao palco do Largo Jaime Batista da Costa, que encheu para uma manhã de danças e cantares tradicionais.

Ao final da manhã, foi a vez de rumar à Praia do Guincho, que se assumiu como ponto de encontro de várias gerações: era hora de degustar os pratos típicos da região, preparados em casa e levados em tachos e alcofas até ao areal. O dia contou, ainda, com os "saloios" a vestir os trajes de ir a banhos e a desafiar o Oceano Atlântico, numa tradição que se repete a cada ano.


Publicado: 16.08.2019 - 16:14 horas
voltar ao topo ↑