Torres Vedras

Torres Vedras vence "European Green Leaf"

18.06.2015

Vice-Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras recebeu o prémio em Bristol.

Torres Vedras recebeu hoje, numa cerimónia que decorreu em Bristol – Reino Unido, o Prémio “European Green Leaf”, distinção atribuída pela Comissão Europeia que destaca o grande esforço do município no sentido de alcançar melhores resultados ambientais, sobretudo no que concerne à estratégia de mobilidade, esforço de preservação da biodiversidade e gestão da água.

O “European Green Leaf” 2015 é uma competição-piloto destinada a cidades/municípios com população entre 50.000 e 100.000 pessoas e que reconhece o compromisso para melhorar os resultados ambientais, com particular destaque para os esforços que geram crescimento verde e novos postos de trabalho. Este ano, Torres Vedras e Mollet del Vallès (Espanha) foram os municípios vencedores, certificando-se o seu bom desempenho ambiental e o compromisso de crescimento verde, pela procura ativa de disseminação de uma consciência ambiental entre os cidadãos.

O júri ficou particularmente impressionado com a estratégia de Torres Vedras no âmbito da mobilidade, que visa diagnosticar alguns pontos fracos do seu sistema de transportes e definir um conjunto de medidas para melhorar a mobilidade e a qualidade de vida da sua população. O foco desta estratégia situa-se na articulação entre diferentes meios de transporte, a consideração de aspetos estruturais e as necessidades de visitantes e da sua população. A utilização das bicicletas públicas urbanasAgostinhas, a implementação de um plano de mobilidade elétrica e a apresentação de um novo plano de mobilidade para a Cidade de Torres Vedras foram, na perspetiva dos especialistas, medidas ambiciosas que demostram que o Município de Torres Vedras vê a mobilidade sustentável como uma prioridade contínua.

O Comissário Europeu para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, Karmenu Vella, referiu que “dada a elevada qualidade das candidaturas apresentadas, é de destacar o esforço de Torres Vedras, um dos primeiros municípios a vencer o “European  Green Leaf”. A mobilidade que respeita o ambiente é tão importante em pequenas quanto em grandes cidades. Torres Vedras demostrou como um bom planeamento pode conduzir a um rápido movimento “limpo” dos habitantes em torno da sua cidade/município.”

Depois da apresentação da candidatura de Torres Vedras, um dos oito municípios europeus, de 7 países diferentes que o fizeram, a candidatura foi analisada por um painel internacional independente de especialistas no sentido de determinar uma lista de finalistas. Os quatro finalistas que compuseram esta lista foram: Ludwigsburg (Alemanha), Mikkeli (Finlândia), Mollet del Vallès (Espanha) e Torres Vedras (Portugal).

Alterações Climáticas & Performance Energética; Mobilidade; Biodiversidade e Uso da Terra; Qualidade do Ar e Ambiente Sonoro; Lixo e Economia Verde e Gestão da Água foram os 6 indicadores avaliados pelo painel de especialistas.

Torres Vedras com crescimento verde!