Torres Vedras

Torres Vedras no pódio nacional das “eco escolas”…

23.10.2019

Imagem da comitiva da Escola de Serviços e Comércio do Oeste que participou na edição de 2019 do Dia das Bandeiras Verdes

Torres Vedras é o segundo concelho do país com maior número de “eco escolas”.

Ao todo, foram atribuídas 54 bandeiras verdes a entidades torrienses ligadas à área do ensino no dia dedicado a este galardão, que aconteceu a 18 de outubro, no Pavilhão Multiusos de Guimarães, reconhecendo-se assim o trabalho desenvolvido pelas mesmas no transato ano letivo no domínio da educação para a sustentabilidade.

São elas:

  • Creche do Povo
  • Jardim de Infância da Boavista (Silveira)
  • Jardim de Infância de Cambelas
  • Jardim de Infância dos Casalinhos de Alfaiata
  • Jardim de Infância de S. Domingos de Carmões
  • Jardim de Infância da Serra da Vila
  • Jardim de Infância de A dos Cunhados
  • Jardim de Infância da Boavista/Olheiros
  • Jardim de Infância da Cabeça Gorda
  • Jardim de Infância da Fonte Grada
  • Jardim de Infância do Paúl
  • Jardim de Infância da Ribeira de Pedrulhos
  • Jardim de Infância do Sobreiro Curvo
  • Jardim Escola João de Deus
  • Escola Básica e Jardim de Infância de S. Pedro da Cadeira
  • Escola Básica e Jardim de Infância do Varatojo
  • Escola Básica e Jardim de Infância da Assenta
  • Escola Básica e Jardim de Infância de Santa Cruz
  • Escola Básica e Jardim de Infância do Barro
  • Escola Básica e Jardim de Infância da Póvoa de Penafirme
  • Escola Básica dos Casalinhos de Alfaiata
  • Escola Básica dos Chãos
  • Escola Básica de S. Domingos de Carmões
  • Escola Básica da Serra da Vila
  • Escola Básica da Freiria
  • Escola Básica da Coutada
  • Escola Básica da Silveira
  • Escola Básica de Torres Vedras
  • Escola Básica de A dos Cunhados
  • Escola Básica da Boavista (Silveira)
  • Escola Básica da Azenha Velha
  • Escola Básica da Fonte Grada
  • Escola Básica da Maceira
  • Escola Básica das Palhagueiras
  • Escola Básica do Paúl
  • Escola Básica do Sobreiro Curvo
  • Centro Educativo da Carvoeira
  • Centro Educativo de Runa
  • Centro Educativo da Ventosa
  • Centro Educativo de Dois Portos
  • Centro Educativo da Ponte do Rol
  • Externato O Mundo da Criança
  • Escola Básica 2,3 da Freiria
  • Escola Básica 2,3 de S. Gonçalo
  • Escola Básica 2,3 dos Campelos
  • Escola Básica 2,3 do Maxial
  • Escola Básica 2,3 Padre Francisco Soares
  • Escola Básica Integrada Padre Vítor Melícias
  • Escola de Serviços e Comércio do Oeste
  • Escola Internacional de Torres Vedras
  • Escola Profissional Agrícola Fernando Barros Leal
  • Externato de Penafirme
  • Escola Secundária Henriques Nogueira
  • Escola de Futebol do Sport Clube União Torreense

De realçar que esta última entidade foi a única escola de futebol do país galardoada com a Bandeira Verde. Saliente-se também que os agrupamentos de escolas S. Gonçalo e Padre Vítor Melícias foram distinguidos como “eco agrupamentos” pelo facto de todos os respetivos estabelecimentos de ensino terem sido galardoados com a Bandeira Verde.

Para receber este galardão as referidas escolas tiveram de desenvolver trabalho seguindo a metodologia do programa “Eco-Escolas”, a qual é constituída por sete passos: Conselho Eco-Escolas; Auditoria Ambiental; Plano de Ação; Trabalho Curricular; Monitorização e Avaliação; Envolvimento da Comunidade; e Eco-Código. Esta metodologia é inspirada nos princípios da Agenda 21 Local, sendo que os seus passos visam garantir a participação das crianças e jovens das escolas na tomada de decisões, envolvendo-os assim na construção de uma comunidade mais sustentável.

Recorde-se que o “Eco-Escolas” é um programa internacional da Foundation for Environmental Education, desenvolvido em Portugal desde 1996 pela Associação Bandeira Azul da Europa. Pretende reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido no âmbito da Educação Ambiental e para a Sustentabilidade e encorajar ações neste domínio.

Refira-se que as escolas do Concelho inscritas no programa “Eco-Escolas” contam com o apoio do Município para o desenvolvimento e concretização dos respetivos planos de ação, bem como no que respeita ao financiamento das inscrições, pelo que o mesmo foi mais uma vez distinguido como “Município-parceiro” do programa.

Imagem: Escola de Serviços e Comércio do Oeste

voltar ao topo ↑