Torres Vedras

"Open Day" assinalou 16 anos da Rede Social de Torres Vedras

27.09.2019

A Rede Social de Torres Vedras completa este mês 16 anos de existência.

Nesse âmbito foi organizado no dia 25 de setembro o seu segundo Open Day, o qual teve por base a temática da promoção da Saúde Mental.

No decorrer desta atividade foram realizadas visitas a duas instituições: Dianova e Campus Neurológico Sénior.

A visita a esta primeira instituição aconteceu no período da manhã, tendo se iniciado com uma apresentação da mesma, a que se seguiu uma visita à Comunidade Terapêutica Quinta das Lapas.

O período da tarde foi passado no Centro Neurológico Sénior, o qual acolheu uma visita da comitiva participante neste Open Day, tendo posteriormente sido apresentado o projeto “Caixa Alerta” do Clube de Robótica do Agrupamento de Escolas São Gonçalo, o qual foi premiado por este centro neurológico.

De referir que é objetivo dos Open Days da Rede Social de Torres Vedras permitir a organização de visitas técnicas interinstitucionais, para aprofundamento das relações, partilha de ideias, experiências, aprendizagens e estratégias, através do conhecimento de projetos desenvolvidos no respetivo território.

Neste 2.º Open Day da Rede Social de Torres Vedras, cujo balanço é bastante positivo, contabilizaram-se 37 participantes, representando 24 entidades da mesma: APECI - Associação Para a Educação de Crianças Inadaptadas; ASPA - Associação de Solidariedade e Promoção de A dos Cunhados; Associação de Socorros da Freguesia de Dois Portos; Associação de Socorros de Outeiro da Cabeça; Associação de Solidariedade e Ação Social de Ponte do Rol; Associação de Socorros da Carvoeira; Associação Incluir +; ATV - Académico de Torres Vedras; Centro de Acolhimento de São Pedro da Cadeira; Centro Social e Paroquial da Silveira; Centro Social Paroquial N.ª Sra. da Luz; Centro Social Paroquial de Torres Vedras; Centro Social Paroquial Santo António de Campelos; Comissão Social da Freguesia de Santa Maria, S. Pedro e Matacães; Comunidade Vida e Paz; Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação de Torres Vedras; Comissão Social Interfreguesias do Interior/União das Freguesias de Campelos e Outeiro da Cabeça; Diaverum; Externato de Penafirme; Junta da Freguesia de Santa Maria, S. Pedro e Matacães; Junta da Freguesia da Freiria; Junta da Freguesia da União das Freguesias de A dos Cunhados e Maceira; Lar Monte Sião; e Município de Torres Vedras.

Recorde-se que a Rede Social de Torres Vedras decorre de um programa nacional criado em 1997, estando em funcionamento desde 2003. Esta plataforma articula e congrega esforços entre agentes sociais (instituições, técnicos e decisores) com vista a combater a pobreza e a exclusão social e a promover o desenvolvimento social no Concelho. É composta por um Conselho Local de Ação Social (que é atualmente constituído por cerca de 90 entidades públicas, privadas e da rede solidária), o qual é presidido pela vereadora da Câmara Municipal com o respetivo pelouro, Ana Umbelino; por um núcleo executivo; e por comissões sociais interfreguesias (do Interior, do Litoral, e da Freguesia de Santa Maria, S. Pedro e Matacães).


voltar ao topo ↑