Torres Vedras

Município quer transformar zona nascente da cidade num laboratório vivo

04.07.2017

O Município apresentou uma candidatura ao Programa "Laboratórios Vivos para a Descarbonização (Living Labs) - Concurso de Ideias" para receber apoio financeiro ao desenvolvimento de um plano nesse âmbito.

Tendo por base a experiência nesta área e considerando que a tecnologia aliada à abordagem pedagógica e de demonstração podem constituir-se como elementos chave, quer para a redução de emissões per si, quer para a mudança comportamental por forma a potenciar o aumento da redução de emissões, o Município propõe-se a desenvolver o “Torres Vedras Living Lab Bairro Nascente”, na área da entrada nascente da cidade.

Esse plano municipal de implementação do Laboratório Vivo para a Descarbonização prevê iniciativas de caráter inovador e com impacto na descarbonização do espaço urbano, nas áreas temáticas da mobilidade, energia, economia circular, ambiente e edifícios. Dessas iniciativas destacam-se: iluminação pública inteligente, produção de energia renovável, eficiência energética através da reabilitação, sensibilização e envolvimento da comunidade local para a eficiência energética, plataforma para a economia circular, plataforma para a redução do desperdício alimentar, monitorização de parâmetros ambientais, gestão inteligente na recolha de resíduos, gestão inteligente da rega em infraestruturas desportivas e implementação de infraestruturas adequadas à circulação de peões e bicicletas e de áreas de lazer.

Os referidos Laboratórios Vivos (Living Labs) assentam em ambientes abertos de inovação, onde as autoridades públicas, as empresas, as universidades e os cidadãos colaboram no desenvolvimento, prototipagem, validação e teste de novas tecnologias, serviços e respetivas aplicações em contexto real, nomeadamente numa cidade ou em espaços intraurbanos delimitados. Estas tecnologias, em associação com as consequentes alterações de hábitos de consumo e apropriação por parte da população e comunidades locais, permitem ganhos significativos na eficiência energética e ambiental dos edifícios, dos espaços públicos, dos serviços urbanos e dos transportes.

O Programa "Laboratórios Vivos para a Descarbonização”, promovido pelo Fundo Ambiental, constitui-se como um incentivo à criação de espaços de promoção do desenvolvimento de tecnologias inovadoras de baixo impacte ambiental, de solidificação de princípios de uso eficiente e produtivo de recursos materiais e energéticos e de apropriação das mais-valias económicas e ambientais de novas soluções por parte das comunidades e populações.