Torres Vedras

Iniciativa global sobre as alterações climáticas passou por Torres Vedras

30.10.2017

Torres Vedras foi uma das cidades de todo o mundo que realizou no dia 27 de outubro o CLIMATHON.

De referir que esta iniciativa constitui-se como um “Hackathon” (encontro local) global que decorre em 24 horas, dedicado ao tema das alterações climáticas, tendo como alvo o papel determinante das cidades.

Nesse âmbito cidades de todo o mundo partilharam desafios comuns entre pessoas apaixonadas por resolvê-los, tendo o CLIMATHON atraído inovadores, empreendedores, estudantes e profissionais para a criação de soluções inovadoras no combate às alterações climáticas. Este ano envolveu 104 cidades nos 6 continentes. Torres Vedras foi a única cidade em Portugal a associar-se a esta iniciativa global, debatendo o desafio «Torres Vedras Zero Waste Goal - Como aumentar a taxa de resíduos de reciclagem?». No Torres Vedras LabCenter 60 participantes distribuídos por 5 grupos de trabalho discutiram as seguintes temáticas:

- Prevenção de Resíduos e Reutilização | Waste prevention and material Reuse initiatives

- Recolha Seletiva e Reciclagem | Selective waste collection and Recycling

- Desperdício Alimentar | Food waste

- Mudança Comportamental e Consumo | Behavioral changes and Overconsumption

- Minimização da produção de Resíduos não Urbanos | Minimizing commercial and industrial waste linked with circular economy

 

Presente nesta iniciativa no LabCenter esteve Júlia Seixas, professora da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa e responsável em Portugal pelo Climate KIC, bem como Rui Berkemeier da organização não-governamental ZERO.

O CLIMATHON é um evento que está alinhado com o desenvolvimento da Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas de Torres Vedras e com uma preocupação crescente em envolver os cidadãos no desenho de soluções e iniciativas a implementar no território do concelho.

Das várias ideias apresentadas, destacam-se: a valorização orgânica de resíduos, em particular a compostagem doméstica e comunitária; a promoção e oferta de soluções locais, de proximidade, para reutilização e reciclagem de resíduos; os incentivos financeiros; e a sensibilização e a promoção do conhecimento.

O Município congratula-se com o facto da iniciativa ter sido tão participada e ter sido possível reunir um número significativo de pessoas em torno de um desígnio muito importante, nomeadamente os Resíduos e a Economia Circular, agradecendo a todos os participantes e moderadores dos grupos de trabalho o seu valioso contributo para o desafio “Torres Vedras Zero Resíduos”, por integrarem o único CLIMATHON em Portugal e serem pioneiros em conjunto com o Município neste processo inovador para a criação de soluções inovadoras no combate às alterações climáticas.