Torres Vedras

COVID-19: situações em que o risco de transmissão é elevado

07.08.2020

Imagem em que se lê

Atualmente, o risco de transmissão do SARS-CoV-2 é maior do que na primeira vaga que afetou o concelho de Torres Vedras. Com o regresso à normalidade de vários setores de atividade, passaram a existir mais interações entre indivíduos de diferentes agregados familiares (não coabitantes), assim como maior número de deslocações pendulares. O atual contexto é, ainda, marcado pela necessidade de participar em reuniões familiares e de amigos.

Existem várias situações em que o risco é mais elevado, como a partilha de refeições com não coabitantes. Em casa ou no restaurante, ao partilhar refeições com pessoas que não residem consigo, retire a máscara apenas quando for necessário e mantenha distância física. No caso de andar de carro com alguém que não reside consigo, utilize máscara e, sempre que possível, viaje no banco traseiro.

As reuniões familiares e de amigos, em particular entre não coabitantes, também são um cenário em que a transmissão pode ocorrer. O período de isolamento vivido pela população faz com que haja necessidade deste tipo de reuniões, em que, muitas vezes, são negligenciadas medidas de prevenção como o distanciamento físico. Mesmo com amigos e familiares, mantenha as recomendações das autoridades de saúde. Utilize máscara e mantenha distância física para conviver com não coabitantes.

É importante evitar festas e convívios com muitas pessoas. Ao participar, pode por em causa a saúde de quem mais gosta, especialmente de quem pertence a grupos de risco: pessoas com mais de 65 anos, com doenças crónicas ou com o sistema imunitário comprometido. Celebre em segurança e proteja quem o rodeia.

E se estiver doente, não vá trabalhar. Em caso de sintomas, ligue para a Linha SNS24 através do número 808 24 24 24.

Através destas situações, a transmissão do SARS-CoV-2 poderá chegar muito rapidamente aos mais vulneráveis. Só a adoção de medidas responsáveis de proteção individual por parte de cada cidadão pode ajudar a resolver a situação, uma vez que são situações em que dificilmente as medidas das entidades públicas podem chegar.

Passe a palavra e seja um agente de comunicação de saúde pública. Mantenha-se informado através de fontes oficiais e consulte aqui toda a informação de interesse local.

Última atualização: 07.08.2020 - 18:14 horas
voltar ao topo ↑