Torres Vedras

Centro Interpretativo das Linhas de Torres Vedras

01.01.2014

Capela de S. Vicente

A capela do Forte de S. Vicente vai acolher futuramente o Centro Interpretativo das Linhas de Torres Vedras. Este centro constituir-se-á como um espaço que pretende fornecer elementos para a contextualização histórica e interpretação das estruturas militares que integram o sistema defensivo das Linhas de Torres Vedras, erigidas no decorrer da terceira invasão francesa a Portugal. Pretenderá promover a visita a este património histórico-militar, que tem vindo a ser recuperado e valorizado no âmbito da Rota Histórica das Linhas de Torres.

Esse equipamento contará com uma área de receção, a qual terá uma mini-loja onde será vendido o merchandising da Rota Histórica das Linhas Torres. Nessa zona estará patente uma breve introdução histórica à capela e culto de S. Vicente, bem como um enquadramento do projeto Rota Histórica das Linhas de Torres, o que incluirá a exibição de um filme promocional.

A nave da capela acolherá uma exposição dedicada à temática das Linhas de Torres Vedras. Essa exposição será organizada pelos seguintes núcleos: enquadramento histórico (com documentos históricos, recursos audio e elementos arqueológicos); sistema de comunicações (com uma maquete do telégrafo de balões e um pequeno filme sobre o funcionamento do posto de sinais); apresentação das plantas das fortificações do concelho e outros patrimónios (com infografia e um elemento interativo multimédia); e guerras napoleónicas na Europa (por meio de um mapa de grande dimensão).

O anexo da nave será convertido em auditório para visionamento do filme-documentário das Linhas de Torres Vedras, o qual parte de um guião com propósitos educativos e de algum material do filme Linhas de Wellington. Esse auditório será também utilizado para eventos como colóquios ou seminários, sendo que o mesmo contará com fotografias do referido filme.

Números

  • Área: 183m2
  • Custo: Cerca de 130 mil euros
  • Prazo: 1º semestre de 2014

Capela de S. Vicente