Torres Vedras

Centro de Educação Ambiental prossegue trabalho de sensibilização da comunidade

04.03.2020

O Centro de Educação Ambiental prossegue de forma muito positiva o seu trabalho, o qual, sublinhe-se, não se circunscreve à comunidade escolar.

Durante o ano transato foram várias as oficinas proporcionadas à população em geral neste equipamento municipal, especialmente às famílias, à semelhança, de resto, do que acontece desde o início do seu funcionamento. Ao todo, foram proporcionados 10 ateliês a este público-alvo pelo serviço educativo do Centro de Educação Ambiental, nos quais se contabilizaram 216 participações.

O serviço educativo municipal Quero ser Cientista, que também funciona a partir do edifício do Centro de Educação Ambiental, dinamizou, por seu lado, igualmente, um conjunto de ateliês neste espaço para a população em geral, tendo nessas oito ações sido contabilizadas 213 participações.

Relativamente a outras atividades dinamizadas pelo serviço educativo do Centro de Educação Ambiental durante o ano transato, refira-se a realização de 153 oficinas para o público escolar (a maioria realizadas no espaço do respetivo edifício), nas quais se contabilizaram 3.252 participações; 62 ações de sensibilização em escolas, nas quais se contabilizaram 1.490 participações; e 92 visitas/saídas de campo, nas quais se contabilizaram 2.416 participações de alunos.

De referir que também em 2019 contabilizaram-se, no auditório do Centro de Educação Ambiental, 79 ações (em que se verificaram 2.210 participações).

Já no que concerne a oficinas do serviço educativo Quero ser Cientista realizadas em 2019 no edifício do Centro de Educação Ambiental e destinadas à comunidade escolar, refira-se que nas 94 levadas a cabo contabilizaram-se 2.166 participações. A estas somam-se mais 15 dirigidas a grupos do “Tempo de Férias”, em que se contabilizaram 359 participações.

Já fora do edifício do Centro de Educação Ambiental, este serviço educativo realizou, em estabelecimentos de ensino, 36 oficinas (em que se contabilizaram 873 participações) e 84 sessões relativas à dinamização de projetos (com 219 participações). O Quero ser Cientista levou ainda a cabo, para a comunidade escolar, saídas de campo à Praia Azul (em que se contabilizaram 329 participações) e visitas no âmbito da iniciativa “Ciência, o que se faz por cá?” (em que se contabilizaram 417 participações de alunos).

Refira-se também ainda que ao longo de 2019 o edifício do Centro de Educação Ambiental acolheu várias exposições relacionadas com a temática da sustentabilidade.

De referir ainda que no Centro Interpretativo da Paisagem Protegida Local das Serras do Socorro e Archeira contabilizaram-se, em 2019, 520 visitas (das quais 396 em atividades aí realizadas).

voltar ao topo ↑