Torres Vedras

"Bom vinho" de Torres Vedras foi pelo sexto ano celebrado em festival

13.11.2017

O “bom vinho” de Torres Vedras foi mais uma vez celebrado num festival criado para o promover no âmbito das Festas da Cidade.

O mesmo decorreu no Pavilhão Multiusos entre os dias 27 de outubro e 10 de novembro.

No âmbito da edição deste ano do Festival do Vinho de Torres Vedras 11 produtores do concelho deram a conhecer as suas marcas num espaço permanente dedicado à mostra e venda: Adega Cooperativa da Carvoeira, CRL; Adega Cooperativa de Dois Portos, CRL; Adega Cooperativa de S. Mamede da Ventosa, CRL; Adega Mãe - Sociedade Agrícola, Lda; António Francisco Bonifácio & Filhos, Lda; AVA - Associação para Valorização Agrária; João Melícias - Unipessoal, Lda; Quinta da Almiara - Sociedade Vitivinícola, SA; Santos & Santos, Lda; Sociedade Agrícola Quinta da Folgorosa, Lda; e Galantinho - Casa Agrícola, Lda.

Todos os dias houve produtores distintos em destaque, num espaço orientado para o efeito, em que os mesmos dinamizaram as suas marcas, evidenciando as suas referências, proporcionando provas e fazendo venda personalizada.

Integrado neste festival realizou-se de novo o concurso "O Vinho Tinto e Vinho Branco de Torres Vedras do ano", orientado tecnicamente, como sempre, pelo Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P. - Unidade Estratégica de Investigação e Serviços de Biotecnologia e Recursos Genéticos (ex-Estação Vitivinícola Nacional), localizado em Dois Portos. As respetivas provas cegas tiveram lugar no dia 26 de outubro, sob a orientação técnica de Pedro Clímaco e contaram com um painel de oito provadores.  Na prova cega de vinho branco estiveram cinco vinhos a concurso e na prova cega de vinho tinto estiveram presentes nove.

O anúncio dos vencedores desse concurso aconteceu no dia 4 de novembro, no Ô Hotel Gof Mar, em Porto Novo.

Foram vencedores do mesmo: “Alma Vitis 2016. Vinho DOP Torres Vedras”, da Adega Cooperativa de São Mamede da Ventosa, na categoria de brancos; e “Velhos Tempos. Reserva 2015. Vinho Regional de Lisboa”, da Adega Cooperativa da Carvoeira na de tintos.

Estes vinhos serão utilizados em 2018 nas ofertas institucionais da Câmara Municipal.

Relacionado com o Festival do Vinho de Torres Vedras teve lugar uma mostra de uvada e uma outra de bolos de ferradura. Nesse âmbito, no dia 1 de novembro, realizou-se ao início da noite, no Pavilhão Multiusos, uma degustação de uvada. Integraram a quarta mostra de uvada das Festas da Cidade: É Doce; Ponte Doce; Terras de Dinossauros; Conservas a Oeste; Apioeste; Moinhos da Capucha; Maria da Conceição Gomes; EUMA - Tradição no Sabor; Paulo Rodrigues; Escola 4 G; e Doces Tentações. Já na segunda mostra de bolos de ferradura destas festividades participaram: Centro Social Paroquial Santo António de Campelos; Ponte Doce; Terra dos Dinossauros; Moinhos da Capucha + EUMA + Maria da Conceição Gomes + Paulo Rodrigues; Silvana Silva e Flávia Clímaco; e Doces Tentações.

Recorde-se que o concelho de Torres Vedras é o maior produtor de vinho do pais, razão também pela qual a Câmara Municipal há seis anos a esta parte organiza aquele festival que pretende igualmente enaltecer a qualidade dos vinhos locais, valorizando o trabalho desenvolvido pelos seus produtores.

O evento contou com a parceria dos respetivos produtores locais; do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, IP - Unidade Estratégica de Investigação e Serviços de Biotecnologia e Recursos Genéticos (ex-Estação Vitivinícola Nacional); e da Associação de Agricultores de Torres Vedras.

De referir que o Festival do Vinho de Torres Vedras integrou-se nas Festas da Cidade que foram organizadas pelo Município, patrocinadas pelo Arena Shopping, apoiadas pela Biotrab, Fepal e Sacel, e tiveram como água oficial as Águas do Vimeiro.