Torres Vedras

Alastramento da Processionária do Pinheiro

06.11.2019

Nos últimos anos tem-se verificado o alastramento da Processionária do Pinheiro, muito provavelmente associado às alterações climáticas que têm induzido a alterações nos ciclos de vida e consequentemente dificultando a eficiência dos métodos de controlo.

A processionária do pinheiro (Thaumetopoea pityocampa) é um inseto desfolhador que parasita todas as espécies de Pinus e Cedrus, podendo provocar o enfraquecimento das árvores. Tem o nome popular de processionária – nome que vem da palavra “procissão” –, pois numa fase do seu ciclo de vida (entre janeiro e maio), as lagartas descem dos ninhos e deslocam-se em fila indiana, à procura de um local para se enterrarem.

Cuidados a ter!

  • O contacto com os pelos urticantes das lagartas poderá provocar o aparecimento de alterações no aparelho respiratório ou alergias em pessoas e animais, que se podem manifestar através de irritações na pele e olhos.
  • Nunca deve tocar nas lagartas se não tiver equipamento de proteção (luvas, máscara e óculos).
  • Caso verifique o aparecimento de algum daqueles sintomas, sobretudo em crianças e animais, deverá dirigir-se de imediato ao posto médico/veterinário mais próximo.

Mais informações: site do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas

Outros esclarecimentos: 261 320 731 | ana.aguiar@cm-tvedras.pt

 

voltar ao topo ↑