Torres Vedras

Agenda

Um léxico diferente

29 de abril de 2019 | segunda | 14h00 às 17h00

Local: Fábrica das Histórias - Casa Jaime Umbelino
Destinatários: Professores e Técnicos a trabalharem com pessoas com necessidades especiais educativas especiais e outros interessados

Este encontro funciona como página aberta para a divulgação de ideias e propostas de ação num trabalho com pessoas com necessidades educativas especiais. Proporciona uma experiência enriquecedora na perspetiva da aquisição de conhecimentos e do desenvolvimento de ferramentas de trabalho, principalmente em domínios como a pintura, a escultura e a tecelagem para os técnicos e professores que usam a Arte (e nela se pode incluir a Literatura) nos seus múltiplos cruzamentos e derivas inesperadas para a integração das pessoas com quem trabalham proporcionando-lhes um maior desenvolvimento intelectual, auto-confiança e felicidade. 

Info e inscrições: 261 320 738 fabricadashistorias@cm-tvedras.pt 


Fábrica das Histórias - Casa Jaime Umbelino

Terça a sexta, das 10h00 às 13h00 e das 14h às 18h00
Sábado, das 10h00 às 13h00 e das 15h00 às 18h00

Rua Maria Barreto Bastos, 36
2560 Torres Vedras

261 315 428
fabricadashistorias@cm-tvedras.pt
Localização Google Maps


Integrado em Torres Vedras - Cidade dos Livros. Outras datas:

O Projeto “Torres Vedras – Cidade dos Livros”, como o próprio nome indica, visa levar pelo entusiasmo os cidadãos do nosso Concelho a participarem numa festa da ligada à literatura, abrindo  caminho através dos livros, como também através de outras formas de expressão artística que lhe estão ligadas por relações de parentesco, como o teatro, a música, a performance, o cinema de animação, a ilustração… para trabalhar a  pedagogia do imaginário.

Procura ainda, de forma clara, demonstrar que os livros e as leituras não se confinam a escolas e bibliotecas, o que seria absurdamente redutor, abrindo-se por isso mesmo a novas parcerias com outros espaços culturais.

Tal como há muito o livro deixou de ter um formato durante séculos valorizado, e se abriu a todos os tamanhos e feitios, a Fábrica das Histórias-Casa Jaime Umbelino acredita que se lhe impõe abrir-se aos livros e à sua leitura, pondo em movimento projetos que não quer ver confinados a um mês, o de abril, fazendo deles um  movimento contínuo de todos os dias e de toda a sua programação.

voltar ao topo ↑