Torres Vedras

Agenda

Teia Inexpugnável

Exposição de fotografia de Luís Ovídio

Até 31 de dezembro 2018

Exposição

Evento já ocorrido

Local: Sala 2 Paços, Paços - Galeria Municipal de Torres Vedras

Esta atividade integra o programa Este Natal a rua é sua!

"As Linhas de Torres foram erguidas com o intuito de defender Lisboa da terceira invasão francesa.
O início da sua construção data de outubro de 1809. O Major Engenheiro Neves Costa, do Exército Português, tinha feito o levantamento topográfico daquela zona e juntamente com o Engenheiro inglês Fletcher procederam à construção das linhas de Torres. Em 1810, foram construídas, em segredo e aproximadamente durante um ano, 152 fortificações. Construíram-se também estradas militares para facilitar a logística de abastecimento e circulação de material militar e tropas. Adicionalmente foi criado um sistema de comunicação entre os diferentes fortes que permitia que as mensagens fossem entregues no seu destino em sete minutos e meio. 

Com estas fotografias pretende-se transpor o observador para aquela época e, em simultâneo, homenagear a união, por um lado, entre todas as tropas envolvidas (portuguesas, inglesas e espanholas), por outro, com toda a população desta zona que, com grande sacrifício pessoal, colaborou ativamente na construção e defesa das linhas de Torres. 

Deste modo conseguiu-se evitar que as tropas francesas conquistassem Lisboa e perdêssemos a independência." Luís Ovídio

Curriculum Vitae de Luís Ovídio

2018 - 1º Congresso – 25 anos de Enfermagem no Hospital Garcia da Orta, março, Almada;

2018 -  Fotos do folheto turístico sobre o Mosteiro dos Jerónimos, junho;

2017 - Delectus, Gomes Pereira Freire de Andrade e Castro, Os primeiros 23 anos de vida em Viena de Áustria. Parte I. Artigo elaborado e apresentado no Colóquio sobre Gomes Freire em outubro 2017 e será publicado na Revista Militar (Lisboa).

2017 - III Edição do Prémio de Fotografia de Sintra, 2 fotos nomeadas e expostas no MU.SA. setembro;

2017 - Mirar Portugal, EXTARS, Mastropiero, Cáceres, junho;

2017 - Delectus, Gomes Pereira Freire de Andrade e Castro, Os primeiros 23 anos de vida em Viena de Áustria. Parte I. Exposto em maio/junho no Espaço J. Valles (Lisboa). Em exposição no Museu Maçónico desde outubro 2017;

2017 - Chocalhos e Labore, Expostas na Galeria do Inatel em novembro, Évora;

2016 - Membro do Júri no Concurso de fotografia Imaginarte Almada- “A Água aos teus olhos” em novembro (Almada);

2016 - Labore,com sabedoria, força e beleza, exposto em Maio na Fábrica Braço de Prata (Lisboa);

2016 - Celeste exposto em novembro/dezembro na Espaço J. Valles (Lisboa);

2016 - Labore,com sabedoria, força e beleza, exposto em novembro/dezembro no Convento dos Capuchos (Costa de Caparica) integrado no ano da fotografia da Imaginarte;

2016 - Complete Course in Professional Photography of New York Institute of Photography;

2016 - Workshop– “O flash não morde”, no IPF;

2016 - Profissional de fotografia na Associação Portuguesa de Arte Fotográfica (APAF) (Lisboa);

2015 - Avançado de Fotografia na APAF;

2015 - Workshop- Fotografia de Estúdio no IPF;

2015 - Fotografia digital no Instituto Português de Fotografia (IPF) (Lisboa);

2005 - Mestrado em Gestão/MBA no ISEG (Lisboa);

1980 - Licenciatura em Organização e Gestão no ISE (Lisboa);

Inauguração: 17h00



voltar ao topo ↑