Torres Vedras

Agenda

Serão de Contos

Com os contadores Miguel Horta e Luis Carmelo

Até 21 de abril | 21h30

Leituras

Evento já ocorrido

Local: Biblioteca Municipal de Torres Vedras

Esta atividade integra o programa Torres Vedras, Cidade dos Livros 2017

Um serão de contos é uma oportunidade para saborear palavras e imagens outras, pensamentos na forma de histórias. Que histórias? Contos do arco-da-velha, fábulas do tempo em que os animais falavam, mas também lendas de terras distantes e próximas, mitos antigos do Norte e do Sul, histórias de amor, de ódio, de sonhos e desencontros. Tudo depende dos “ouvidores”: para pequenos, histórias grandes; para os que se acham grandes, histórias curtas, mas filosóficas; para muitos, histórias divertidas e espampanantes; para poucos, histórias intimistas e próximas; para gente madura, histórias cheias de tempo e raízes; para amantes, histórias lentas e mornas. Aí reside o encanto de uma sessão de contos: na relação entre contador e ouvinte, no tempo que a palavra de boca a ouvido permite, na singular cumplicidade do olhar.

Miguel Horta (1959) é um Pintor que se dedica à partilha e comunicação com o Outro, daí que a sua intervenção se estenda à mediação cultural (museus, bibliotecas públicas e escolares, bairros problemáticos e estabelecimentos prisionais, ruas e praças). Horta é ainda autor/ilustrador de literatura infanto-juvenil (Pinok e Baleote-PNL, Dacoli e Dacolá-PNL e Rimas Salgadas - PNL). Escreveu a peça Retratinho de Amílcar Cabral e Logo à noite no lago Van (CAM/FCG). Contador de histórias: intervém em contextos muito variados, narrando com regularidade nas “Palavras Andarilhas”. Organizou recentemente o primeiro Encontro de Narração Oral de Almada Rio de Contos (Laredo AC). Formador na área da mediação leitora e mediação junto de necessidades educativas especiais. Integra o projeto 10x10 do Programa Descobrir/Gulbenkian onde exerce com regularidade a sua atividade de mediador cultural no Centro de Arte Moderna (e noutros núcleos educativos). Em 2012 expôs Troncos e marés na Galeria Appleton Square (2012). Representado em diversas coleções de arte contemporânea. Fundador, com Maria José Vitorino, da Laredo Associação Cultural que vem desenvolvendo intenso trabalho em estabelecimentos prisionais, bibliotecas e museus.

Luis Carmelo nasceu em Lisboa em 1976, mas foi no Brasil que cresceu até 1991. Licenciado em Estudos Teatrais, Mestre em Estudos Portugueses com a dissertação Representações da Morte no Conto Tradicional Português (Colibri 2011) e Doutor em Comunicação, Cultura e Artes com a tese Narração oral: uma arte performativa. Colabora com o Instituto de Estudos de Literatura e Tradição da Universidade Nova de Lisboa e com o Centro de Investigação em Artes e Comunicação da Universidade do Algarve. É contador de histórias desde 2003, trabalhando em bibliotecas, escolas, associações, teatros e festivais, em Portugal e no estrangeiro, e desenvolvendo diversos projetos de programação, criação e investigação nessa área.


Biblioteca Municipal de Torres Vedras

2ª: 14h00 às 18h30
3.ª a 6.ª: 10h00 às 18h30
Sáb.: 14h00 às 18h00

Largo Justino Freire Nº 9
2560-636 Torres Vedras

261310460
biblioteca@cm-tvedras.pt
Localização Google Maps


No mês do Livro, 2 de abril – Dia Internacional do Livro Infantil – e 23 de abril – Dia Mundial do Livro, a Biblioteca Municipal de Torres Vedras promove um evento relacionado com a narração de contos, que se intitula "Abraço de Contos: encontro de contadores de histórias". Esta atividade divide-se em duas partes: durante o dia recebemos os alunos das escolas do concelho de Torres Vedras, para ouvirem histórias narradas por contadores voluntários da cidade, à noite convidamos um ou vários contadores profissionais para realizarem uma sessão de contos, aberta ao público em geral.