Torres Vedras

Agenda

Caminhar com São Gonçalo, de Lagos a Torres Vedras

27 de outubro a 28 de maio 2023

Exposição

Local: Museu Municipal Leonel Trindade

Esta atividade integra o programa Festas de Torres Vedras

Percurso expositivo pelo Convento e Igreja de Nossa Senhora da Graça de Torres Vedras, da Ordem dos Eremitas Calçados de Santo Agostinho, que sucedeu ao antigo mosteiro situado junto à Porta da Várzea, do qual foi prior o Beato Frei Gonçalo de Lagos.

Ao longo do caminho, seguem-se os passos de São Gonçalo, numa exposição biográfica e iconográfica, percorrendo-se, igualmente, as memórias do Beato no espaço conventual, com  destaque para o seu túmulo, as suas relíquias e o altar que lhe foi dedicado.

No dia da inauguração da exposição, os participantes são desafiados a elaborar um São Gonçalo de Lagos em formato de pregadeira/íman.

 

São Gonçalo de Lagos em 3D

No âmbito da exposição Caminhar com São Gonçalo, de Lagos a Torres Vedras os participantes poderão levar para casa um conjunto de materiais para colorir e colar que darão aso a uma moldura alusiva a São Gonçalo de Lagos.

Este kit estará disponível na receção do Museu Municipal Leonel Trindade.

Inauguração: 17h00


Atividade Gratuita


Museu Municipal Leonel Trindade

Terça-feira a domingo: 10h00 às 13h00 | 14h00 às 18h00

Praça 25 de abril, Convento de Nossa Senhora da Graça
2560 Torres Vedras

261310485
museu@cm-tvedras.pt
Localização Google Maps


Integrado em 600 anos da morte do Beato Frei Gonçalo de Lagos. Outras datas:

Cumprem-se, no ano de 2022, os 600 anos sobre a morte do Beato Frei Gonçalo de Lagos, ao qual estão reservadas honras de santidade em Portugal.

Nascido em Lagos por volta de 1360, professou na Ordem dos Eremitas de Santo Agostinho, tendo sido Prior do Convento de Nossa Senhora da Graça de Torres Vedras, localidade onde faleceu em 1422.

Notabilizado como pregador, pedagogo, iluminador e compositor, a São Gonçalo de Lagos estão associadas dezenas de milagres, que deram origem a um culto popular, centrado, sobretudo, em Lagos e Torres Vedras.

Beatificado em 1778, a sua memória é celebrada a 27 de outubro, no Patriarcado de Lisboa e na Diocese do Algarve.

Por deliberações dos senados municipais dos dois concelhos, foi declarado padroeiro e protetor de Torres Vedras, em 1495, e de Lagos, em 1760, tendo a cidade de Lagos adotado o dia do Santo como feriado municipal.

No âmbito das comemorações dos 600 anos da sua morte, os municípios de Lagos e de Torres Vedras unem-se em torno de um programa comemorativo comum.

Comissão de honra
Laura Maria Jesus Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras
Hugo Miguel Marreiros Henrique Pereira, presidente da Câmara Municipal de Lagos
D. Manuel Clemente, Cardeal Patriarca de Lisboa
D. Manuel Neto Quintas, Bispo do Algarve
Ana Brígida Anacleto Meireles Clímaco Umbelino, vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Torres Vedras
Sara Maria Horta Nogueira Coelho, vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Lagos
Tiago Martinho Alberto, representante da Ordem de Santo Agostinho em Portugal
Álvaro Bizarro, Pároco de Torres Vedras
Abílio Almeida, Pároco de Lagos
José Luís de Sousa, presidente do Rotary Club de Torres Vedras
Martiniano dos Reis Fernandes, presidente do Rotary Club de Lagos
Rosália Duarte, presidente da Associação de Intercâmbio Municipal (ASSIM)

 

Comissão organizadora
Catarina Sobreiro
José António Martins
Isabel Luna
Francisca Ramos
Mónica Franco
Teresa Corça
Rui Silva
Sofia Máximo

 

Organização
Câmara Municipal de Torres Vedras
Câmara Municipal de Lagos

 

Parceria
Fundação Jorge Álvares
Seminário de Penafirme
Associação para a Defesa e Divulgação do Património Cultural de Torres Vedras
Agrupamento de Escolas São Gonçalo
Biblioteca del Estudio Teológico Agustiniano de Valladolid

Última atualização: 28.09.2022 - 15:57 horas
voltar ao topo ↑