Torres Vedras

Agenda

Um realismo cosmopolita: Uma exposição em torno do grupo KWY [CANCELADO]

Ação de formação

Até 30 de janeiro | 10h00 às 13h00 | 14h00 às 17h00

Formação Um realismo cosmopolita

Evento já ocorrido

Local: A definir
Destinatários: Educadores, técnicos e professores

Ação de formação de componente teórica pensada para os agentes de mediação que estarão relacionados com a exposição, incluindo ainda docentes da região e agentes culturais locais ou outros interessados. Esta ação pretende-se dinâmica, direcionada aos conteúdos da exposição, e relacionada com a experiência prévia de cada um dos participantes e temáticas de interesse transversal à sociedade contemporânea.

Com base na força de algumas ideias chave – palavra/imagem, viagem, lugar, experiência, serigrafia, nova figuração – estrutura-se uma teia de relacionamentos, que podem ser visíveis ou invisíveis, mas ativados sempre pelo habitante do espaço expositivo, com suas características individuais e próprias.

Neste encontro serão debatidas questões profundas sobre como nasce um artista, ou que processos são estes que levam à legitimação das obras, uma crítica à forma de estar social e humana, experiências com a linguagem e a palavra escrita, assim como a materialização de uma obra de arte cujo meio de expressão surge a partir da experiencia vivida. Raymond Hains arranca cartazes da rua para poder criar as suas obras, que como Lourdes Castro, não as aprisiona numa única forma, mas as utiliza para criar colagens, assemblages, e mais tarde as simplifica através de um contorno/linha que não se vê. Daremos um especial enfoque aos artistas portugueses pertencentes a uma geração específica e que estão distintamente representados nesta seleção. 

Uma parte integrante da exposição “Um Realismo Cosmopolita” dedica-se às publicações que lhe dão nome, as revistas KWY que foram produzidas por este grupo de artistas, e que influenciam significativamente a forma como hoje se entende uma publicação/livro de artista. Desta forma, relacionamos os conteúdos da exposição com a vertente da Coleção de Serralves que se dedica à preservação destas publicações, assim como para salientar a importância que o livro de artista tem no percurso legitimador da arte contemporânea, abordando exemplos particulares de artistas com uma maior afinidade com a palavra ou o objeto/livro.

Info: 261 334 040 | galeria@cm-tvedras.pt
Orientação: Joana Mendonça 


Atividade Gratuita


Última atualização: 25.01.2021 - 12:32 horas
voltar ao topo ↑