Torres Vedras

Agenda

Ímpar

Exposição coletiva de fotografia de João Henriques, João Paulo Barrinha e Mário Vasa

Até 13 de agosto

Exposição Ímpar

Evento já ocorrido

Local: Rua José Pedro Lopes, Santa Cruz

Esta atividade integra o programa Onda de Verão

A mostra que se apresenta surge da vontade de encontrar espaços alternativos para o encontro com imagens comunicantes de carácter artístico e documental, numa vertente expositiva, que possa colocar em diálogo olhares distintos.

A expectativa é a de que, através da amplitude de significados que as imagens contêm e da capacidade comunicativa entre estas e quem as observa, seja possível, num momento mais ou menos imediato ao ato de ver, fazer surgir consciências e questionamentos acerca do tempo, dito ímpar, que vivemos.

Em diferentes circunstâncias e com diferentes objetivos, todas as imagens foram captadas nos últimos meses, por três fotógrafos profissionais, num tempo em que as preocupações e sentimentos mais primários se aproximaram a um nível global.

A exposição que, tal como as fotografias surge em forma de percurso, apresenta a parte de um todo mais amplo que cada um dos autores desenvolveu ou se encontra a desenvolver.

A imparidade dos três projetos é comum à perceção de que a fotografia abranda o tempo e oferece-nos, assim aceitemos, espaço para refletir. Vivemos o tempo da democratização e da exaltação da imagem fotográfica, mas também da sua fugacidade e inconsequência: se não detivermos pelo menos uma vez o olhar numa fotografia captada, ela nada nos dirá acerca do momento que testemunhou.



João Henriques
(Tomar, 1967), vive em Torres Vedras. Desenvolve regularmente trabalho autoral na fotografia, usando as imagens como interrogação observacional do mundo, interior ou exterior, através da exploração do potencial de criação de narrativas poéticas, documentais e outras.

 

João Paulo Barrinha
(Cantanhede, 1964), vive em Torres Vedras desde 1975. Realizou diversas formações profissionais no CENJOR e no AR.CO e é licenciado em Fotografia no Instituto Politécnico de Tomar. Fotografo, videógrafo e formador, iniciou-se profissionalmente na fotografia com funções de jornalista/repórter fotográfico, atividade que exerceu por três anos, em diversos órgãos de comunicação social. Como autor interessa-se por temáticas relacionadas com as questões da memória e identidade, coletiva e individual. Encara o ato de fotografar como simultaneamente performativo e de ação social, constituindo ainda, uma importante ferramenta para a construção e descoberta pessoal.


Mário Vasa
(Torres Vedras, 1975), vive em Torres Vedras. Fotógrafo profissional desde 1998 com formação académica no Centro de Arte e Comunicação Visual (Ar.Co) e na World Academy em fotojornalismo. Colaborou com vários fotógrafos e agências, revistas, jornais e outras parcerias internacionais nas várias áreas do fotojornalismo. Conta com diversos prémios na área da fotografia e fotojornalismo. Nos últimos anos trabalha como freelancer, um pouco por todo o mundo. Atualmente trabalha como fotojornalista no Sporting Clube De Portugal. 

Inauguração: 16h00
Info: 261 334 040 | galeria@cm-tvedras.pt


Atividade Gratuita


Última atualização: 13.07.2020 - 17:08 horas
voltar ao topo ↑