Torres Vedras

Mobilidade

A + -

Eu ando de bicicleta

A tendência verificada nas últimas décadas nas cidades é de constante expansão, associado a mudanças significativas nas suas características funcionais. Os perímetros urbanos foram alastrando, absorvendo as áreas periféricas, nas quais se começaram a instalar grande parte das actividades económicas, acompanhadas pela emigração do sector habitacional para zonas adjacentes aos congestionados centros urbanos. Por outro lado, é cada vez maior a dependência das sociedades contemporâneas nos sistemas de transportes, em especial nos veículos individuais, exigindo cada vez mais mobilidade.

Verifica-se que grande parte das deslocações da população de Torres Vedras é de curta distância e realizada essencialmente em veículos particulares, em detrimento do modo pedonal, dos transportes colectivos e mesmo da bicicleta. O problema remete-se não só à inadequação das vias para as deslocações a pé ou de bicicleta da população, mas principalmente à educação da população que não se encontra habituada a movimentar-se a pé ou de bicicleta. Para tal, a Estratégia de Mobilidade da cidade de Torres Vedras propõe uma série de intervenções, no sentido de facilitar a acessibilidade aos diversos serviços por um leque mais alargado da população.

Num concelho com fortes tradições no uso da bicicleta, torna-se importante para o Município averiguar quem utiliza este modo de transporte suave e com que finalidade. Neste sentido, desenvolveu-se este registo, que é gratuito, confidencial e não obrigatório.
Para o Munícipe também pode tornar-se uma mais-valia, no sentido em que fica integrado numa base de dados que, em caso de furto da bicicleta, permite encaminhar para as autoridades policiais todos os dados possíveis da mesma.

Inscrição

Dados Pessoais
Dados Bicicleta
JPG até 2MB
JPG até 2MB
JPG até 2MB
Se outra, qual:
Se outra, qual:
* Campos de preenchimento obrigatório