Torres Vedras

PR10 TVD - Rota da Água

A Rota da Água é um percurso pedestre que pretende divulgar e preservar vários poços, linhas de água e outro património neste âmbito, procurando partilhar a sua história e importância para a comunidade, assim como valorizar um recurso natural essencial para a vida no planeta.

O PR10 é um percurso circular com um total de 20 km, tendo sido criada uma derivação com cerca 11 km. O PR10.1 separa-se aproximadamente a meio do percurso, no quilómetro 10. A descrição refere-se ao percurso maior, abrangendo todas as partes do percurso.

O Parque Verde da Ponte, pela sua localização e características, será o núcleo do percurso que se desenvolve por zonas urbanas e rurais da freguesia. Apesar da água ser o tema base, também se pretende divulgar o património edificado e natural da freguesia.

Iniciando o percurso para Este, a escassos 400 metros chegamos ao Largo Álvaro da Ponte, onde podemos encontrar vários edifícios centenários, tipo palacetes, alguns abrasonados, revestidos a azulejo e a Igreja Matriz datada do ano 1530 e reconstruída após o terramoto de 1755. Neste largo existe ainda uma bica que assinala o início do abastecimento de água à população, no dia 1 de junho de 1986.

Após passar a E.N. 9, no início da Rua das Adegas, encontramos a Fonte das Adegas do ano de 1961, tendo sido requalificada em 2006. Continuando numa zona urbana, passamos pelos lavadouros, ainda ativos, datados de 1979 e por dois poços públicos centenários: Poço da Ti Rita e Poço do Paraíso.

Continuando para Norte, vamos misturando a paisagem urbana com a paisagem natural. Já no Alto Seixinho, onde temos uma paisagem deslumbrante de 360º, podemos avistar várias aldeias vizinhas e identificar diverso património edificado e natural do concelho.

Nesta zona predominam os campos agrícolas. Reza a história que a qualidade da água na Fontainha da Galegueira é muito boa. Muitos anónimos iam ali buscar água para, por exemplo, consumo doméstico.

Antes de começar a subir para a localidade da Gondruzeira, no Casal Galinha, atravessamos uma regueira, que como as outras, vai desaguar no Rio Sizandro. Já na aldeia, encontramos o Chafariz da Gondruzeira, de 1940, que tem uma ligação única e direta à mina existente a montante, que iremos encontrar mais à frente.

Novamente em direção a Norte, passamos pelo poço público do Casal Malacas, atravessamos o pinhal da aldeia vizinha da Fonte Grada, descemos até à Ribeira Monzebro e caminhamos paralelamente até chegar à E.N.9 em Gibraltar, onde nos deparamos com o Poço Árabe, de estilo Mourisco.

Durante a subida para o Casal da Serra podemos avistar a cidade de Torres Vedras. Neste lugar, encontramos duas minas de água distanciadas por 500 metros e dois reservatórios de água, sendo que o maior é o que se encontra ativo. 

Depois de descer até à localidade de Benfica, encontramos mais dois poços centenários: Poço de Benfica e Poço Velho. Continuamos em direção ao Rio Sizandro onde podemos contemplar o vale e passar sobre o maior rio do Concelho.

Do vale passamos para a serra. E num ambiente fortemente natural e agrícola podemos, mais uma vez, admirar a paisagem, por vários quilómetros, em todas as direções.

Após passar o Casal Telhadouro, chegamos ao Forte do Grilo, património militar integrado nas Linhas de Torres Vedras aquando das Invasões Francesas.

O percurso continua em direção ao Rio e ao lugar do Soito. É admirável ver a diversidade natural. Após passagem pela E.N. 9, junto à Ribeira, limite da freguesia, encontramos um imponente e vistoso pinheiro.

Após alguns metros a caminhar por campos agrícolas voltamos a entrar numa zona urbana, onde estão implantados vários equipamentos.

Antes de chegar ao Parque Verde da Ponte, junto à E.N. 9 podemos observar uma nora e o Poço da Escola.

A fundação da Freguesia de Ponte do Rol terá ocorrido em 1530, exatamente no mesmo ano em que foi concluída a igreja paroquial dedicada a Nossa Senhora da Conceição. 


FICHA TÉCNICA DO PERCURSO

  • Nome do percurso: Rota da Água
  • Localização:
    • Concelho: Torres Vedras
    • Freguesia: Ponte de Rol
  • Tipo de percurso: Pequena Rota Circular
  • Ponto de partida: Parque Verde da Ponte
  • Distância total: 20 km
  • Desníveis acumulados:
    • Altitude máxima: 91 m
    • Altitude mínima: 11 m
    • Acumulado de subida: 305 m
  • Duração: 4.5h
  • Grau de dificuldade: Médio
  • Época aconselhada: Todo o ano

Trilhos GPS

Folheto

Online

voltar ao topo ↑