Torres Vedras

"Static", cada vez mais uma referência em Portugal nas artes performativas

28.08.2017

Santa Cruz recebeu pelo décimo primeiro ano um evento que já marca o calendário nacional das artes performativas.

Tratou-se do concurso de homens-estátua Static, que trouxe mais de 20 performers de várias nacionalidades àquela estância balnear entre os dias 21 e 26 de agosto.

De segunda a sexta-feira à noite apresentaram os seus trabalhos na Rua José Pedro Lopes, tendo os melhores sido selecionados para a final que teve lugar no sábado à noite no Largo Jaime Batista Costa.

Os trabalhos que na ocasião obtiveram os primeiros prémios foram “Aurora” de Sandra Gomes e “Cabaret” de Vítor Hugo e Cátia Ferreira, a quem foram atribuídos, respetivamente, os prémios do júri e do público. De referir a este propósito que 895 pessoas exerceram o seu direito de voto nesta final.

Receberam ainda na mesma menções honrosas os trabalhos “O beija-mão real” (de Carlos Ferreira), “Cossaks” (de Artur Hulko e Andrii Kyrylchuk), “Cabaret” (também de Vítor Hugo e Cátia Ferreira) e “D. Payo Peres Correia” (de Sérgio Gomes).

Criatividade, originalidade, imobilidade e efeito foram os critérios que o júri deste concurso levou em linha de conta na respetiva avaliação.

Dinamizar culturalmente o núcleo urbano de Santa Cruz e fomentar a criação na área das artes performativas são os principais objetivos do Static, que é organizado pela Câmara Municipal e insere-se no programa Onda de Verão.