Torres Vedras

Requalificação da unidade de saúde da Ventosa

03.07.2017

A unidade de saúde da Ventosa vai ser intervencionada a breve prazo.

Essa obra pretende melhorar as infraestruturas físicas desta unidade, contribuindo-se dessa forma para uma melhoria na qualidade da prestação de cuidados médicos e de enfermagem, bem como de atendimento e acolhimento dos utentes, possibilitando-se igualmente uma melhoria das condições de trabalho dos profissionais.

Nesta intervenção pretende‐se implementar o Programa Funcional para Unidades de Saúde ‐ Cuidados de Saúde Primários, correspondente a uma unidade do Tipo 1, segundo os requisitos do Ministério da Saúde, através da respetiva Direção‐Geral das Instalações e Equipamentos de Saúde.

Atualmente a referida unidade de saúde funciona unicamente no piso térreo do respetivo edifício, sendo que o primeiro e segundo pisos estão afetos às instalações da Junta da Freguesia da Ventosa. A intervenção proposta é dirigida ao edifício na sua totalidade, de forma a este ficar unicamente afeto à unidade de saúde, o que implicará não apenas a sua reabilitação, tendo em conta o seu estado de alguma deterioração e de desadequação em termos de funcionalidade e desempenho, mas também a sua ampliação.

 

A unidade de saúde da Ventosa será constituída após a obra por um conjunto mais vasto de espaços, nomeadamente: sala de espera com espaço infantil, espaço de atendimento e secretariado clínico, gabinete de consulta médica, gabinete de consulta de Saúde da Mulher/Planeamento Familiar, gabinete de enfermagem, salas de tratamentos (pensos e injetáveis), sala de movimento/fisioterapia, sala de reuniões, sala de direção, sala de pessoal, vestiários, arquivo, sala de apoio informático e depósitos de material e de resíduos. 

De referir que a intervenção terá em conta preocupações em termos ecológicos e de eficiência energética.

A requalificação da Unidade de Cuidados de Saúde de São Mamede da Ventosa integra‐se no objetivo de modernização e consolidação dos serviços de saúde de proximidade, e simultaneamente, no de reduzir as desigualdades ao nível da capacidade assistencial na rede pública de cuidados primários de saúde.

5276 munícipes serão abrangidos por este equipamento de saúde, que permitirá que todos os residentes na freguesia da Ventosa tenham médico de família (atualmente 56% não possuem).

Pretende-se que esta unidade possa integrar, num futuro próximo, uma Unidade de Saúde Familiar em conjunto com as unidades de saúde de São Pedro da Cadeira e da Freiria.

NÚMEROS

 

Área: 735,80 m2

Custo: 678.849,53€ (cofinanciado em 85% pelo Programa Operacional Regional do Centro, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional)

Prazo: 2.º semestre de 2018