Torres Vedras

Olga Neves

02.03.2017

Olga Neves é uma conceituada artista torriense cujo trabalho conta já com uma ampla projeção nacional e internacional.

Recentemente elaborou uma instalação artística para o encontro Romed2, que debateu questões relacionadas com a integração das comunidades ciganas, intitulada “Viagem”, um trabalho que está intimamente ligado à identidade de um povo, o povo cigano.

Olga Neves, licenciada em Artes Plásticas pela Faculdade de Belas Artes de Lisboa, iniciou o seu percurso artístico ainda na década de 90. Esteve presente em encontros relacionados com a medalhística nos Estados Unidos, Bulgária, Alemanha, França, Finlândia, Bélgica e Portugal. Em Torres Vedras tem realizado várias exposições quer em equipamentos municipais (Galeria Municipal e Fábrica das Histórias) quer em outros (Cooperativa de Comunicação e Cultura). Paralelamente tem apresentado trabalhos em outros locais do país, como Lisboa, Seixal, Bombarral ou Braga. Está também representada no British Museum e nas Simons Galery, em Londres, no Medialia... Rack & Hamper Galery, em Nova Iorque, em Wellington, Villenave d Órnon, Lillebone, Immenstadt, Seeheim-Jugenheim, em Saint Caprais, nas câmaras municipais de Lagos e de Torres Vedras e no Museu da Marioneta, em Lisboa.

 

Exposições mais representativas em Portugal

 

2017 | “Contos da Floresta”, Galeria Municipal do Seixal, Corroios

           “Contos Por Um Fio”, Casa dos Crivos, Braga

2016 | “Contos Por Um Fio”, Museu da Marioneta, Lisboa

            “Do Outro Lado da Floresta”, Ilustrações/intervenção de Natal na Fábrica das Histórias – Casa Jaime Umbelino, Torres Vedras

2015 | “O Pequeno Grande Quebra-Nozes”, Fábrica das Histórias - Casa Jaime Umbelino, Torres Vedras

2013 | “Texturas e Identidades”, Palácio da Piedade, Póvoa de Santa Iria

         | “Identidade”, Galeria Municipal de Torres Vedras

         | “Contos por um Fio”, Fábrica das Histórias - Casa Jaime Umbelino, Torres Vedras

2010 | “Lugar”, Cooperativa de Comunicação e Cultura, Torres Vedras.

           “Texturas”, Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa

2005 | “efémero”, Cooperativa de Comunicação e Cultura, Torres Vedras              

2002 | “Ecos de Paris”, Sociedade Nacional de Belas Artes de Lisboa

1999 | “Cena d’Arte”, Armazéns Abel Pereira da Fonseca, Lisboa

         “ Festa do Avante”, Quinta da Atalaia, Seixal

         "1.05 Escultura". Cisterna da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa