Torres Vedras

Intervenções em habitações degradadas podem ser apoiadas pelo Município

09.07.2019

No ano transato o programa municipal de comparticipação em obras de reparação, conservação ou beneficiação de habitações degradadas completou 15 anos.

Durante este período a Câmara Municipal investiu um montante de 1.385.463 euros neste programa, mediante 300 candidaturas aprovadas, sendo que atualmente 24 candidaturas esperam aprovação pelo executivo municipal, representando um investimento estimado de 99.250 euros.

De referir que este programa foi criado com vista a promover a melhoria das condições de habitabilidade no Concelho, assegurando às habitações o mínimo indispensável de conforto, contribuindo para a reabilitação urbana e para a dignificação humana dos residentes.

Saliente-se que este programa é destinado a famílias carenciadas que cumpram um conjunto de requisitos definidos pelo respetivo regulamento

2009 foi o ano em que se verificaram mais intervenções no âmbito do programa municipal de comparticipação em obras de reparação, conservação ou beneficiação de habitações degradadas (52), seguido dos anos de 2010 (51) e 2006 (48).

Em termos geográficos, a Freguesia de Santa Maria, S. Pedro e Matacães foi aquela onde se verificou maior quantidade de intervenções (71), seguida da União das Freguesias de A dos Cunhados e Maceira (41), União das Freguesias de Maxial e Monte Redondo (37) e União das Freguesias de Dois Portos e Runa (29).

Esta iniciativa é levada a cabo em parceria com as juntas de freguesia do Concelho.

Mais informações sobre o programa municipal de comparticipação em obras de reparação, conservação ou beneficiação de habitações degradadas podem ser obtidas neste site.



[Artigo atualizado às 17h55 do dia 25/7/19]

voltar ao topo ↑